CarrosNotícias

Sr. Carroll Shelby, obrigado

Fotos: Divulgação

Se você não sabe quem foi Carroll Shelby, certamente, não gosta de automóveis, de design, de motores e não é um entusiasta. Ele morreu na última quinta-feira, no Hospital Baylor, em Dallas, com 89 anos. Ao longo dos anos de trabalho,se tornou um ícone da indústria automobilística mundial e uma verdadeira lenda entre os anos 1960 e 1970 quando criou o Shelby Cobra e o Ford Mustang Shelby.

A preparação de motores tornou-se sua especialidade. A afinação do som que produziam era música para os ouvidos. Popularizou ainda mais o Ford Mustang com versões altamente sofisticadas como a que apresentou no Salão de Detroit de 2012, para comemorar os 50 anos da sua empresa, a Shelby American. O Shelby GTS, GT350 e o GT500 Super Cobra, modelos 2013, foram suas últimas criações.

Shelby, que nasceu em 11 de janeiro de 1923, em Leesburg, no Texas, começou sua carreira no mundo dos automóveis depois de deixar o United States Army Air Corps, onde serviu durante a Segunda Guerra Mundial como piloto de testes e instrutor de voo da aeronáutica. Era filho de um carteiro e de uma dona de casa e, desde criança, cultivava uma grande paixão por automóveis. Deixou esposa e três filhos.

Para tornar-se piloto de corridas foi um pulo. Em 1959, venceu a “24 Horas de Le Mans”, dirigindo um Aston Martin DBR1/300. Além disso, bateu várias vezes recordes de velocidade americanos e internacionais e chegou a competir no Mundial de Fórmula 1, em 1958-1959, onde, em duas temporadas, não conseguiu marcar pontos.

Em 1959, fundou a Shelby American, em Venice, na Califórnia e começou a criar inúmeras versões de alto desempenho. No início, trazia carrocerias da Inglaterra e nelas introduzia potentes motores Ford V8. Assim surgiu o AC Cobra roadster, que mais tarde passou a se chamar Shelby Cobra. Depois, aconteceu um perfeito casamento com a Ford Racing. A linha Ford Mustang Shelby ficou conhecida em todo o mundo e marcará a lembrança desse ídolo, para sempre.

Fonte: Ford para Todos

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

2 Comentários

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo