CarrosNotícias

Salão de Frankfurt: Peugeot apresenta suas novidades

Fotos: Divulgação

Após anunciar a volta dos resultados positivos no último Salão de Genebra, a Peugeot acelerou seu desempenho comercial ao longo do primeiro semestre de 2015 e, em Frankfurt, informa a venda 886 mil unidades até o final de junho deste ano, número que registra um aumento de 3,9% das vendas mundiais e uma forte progressão na Europa (+6,7%), Ásia (+9,6%), África / Oriente Médio (+10,9%) e Índia Pacífico (+50,2%), ao mesmo tempo em que prossegue sua estratégia de subida de gama.

Dois anos após seu lançamento, o Peugeot 308 é o best-seller mundial da marca. No concorrido segmento C europeu, o modelo entra para o TOP 3 (n° 3 em vendas na Europa considerando hatch, sedã e perua). O sucesso deste modelo eleito Carro do Ano de 2014 é incontestável. Primeiro lugar na França na configuração hatchback, com a chegada da versão SW o 308 passou a liderar seu segmento também na França, Itália, Bélgica, Luxemburgo e Países-Baixos. Depois do lançamento das versões GT e GT Line no início do ano, o 308 acelera ainda mais com a chegada do radical 308 GTi by Peugeot Sport.

Com ele, a gama do modelo muda de dimensão. Depois do RCZ R e do 208 GTi 30th, o 308 GTi torna-se o terceiro veículo do portfólio da Marca a ostentar a inscrição Peugeot Sport, atestando seu desenvolvimento especificamente pelos técnicos, engenheiros e pilotos do departamento de competição baseado em Vélizy.

O desempenho é garantido: com sua motorização turbo a gasolina 1.6 l THP de 270 cv, o 308 GTi by Peugeot Sport acelera de 0 a 100 km/h em apenas 6 segundos, percorre 1.000 m em 25 segundos e atinge uma velocidade limitada eletronicamente de 250 km/h. Graças a este motor excepcionalmente flexível, que desenvolve 169 cv/l e a um peso limitado de 1.205 kg, o 308 GTi by Peugeot Sport emite apenas 139 g de CO2/km, o que faz dele a referência na categoria. Fiel ao know-how da Marca, o modelo adere ao piso em função da suspensão rebaixada de 11 mm e a um comportamento dinâmico excepcional, graças ao diferencial de deslizamento limitado Torsen® eficiente, aos pneus Michelin Super Sport montados em rodas de 19 polegadas e aos enormes freios dianteiros de 380 mm. Ele é oferecido em seis cores diferentes e na versão bicolor que contrapõe o preto Perla Nera ao novo vermelho Ultimate.

Com suas bitolas alargadas em 80 mm e sua carroceria musculosa, o Peugeot 308 R HYbrid impressiona à primeira vista. E os números são bem expressivos. Dotado de uma tecnologia plug-in híbrida que desenvolve 500 cavalos potência, 270 cavalos vêm do motor 1.6L THP e os outros 230 cavalos de dois motores elétricos, montados no eixo dianteiro e traseiro do veículo. Sua relação peso/potência é de incríveis 3,1 kg/cv, com torque máximo de 74,5 kgfm. Assim, o modelo precisa de apenas 4 segundos para acelerar de 0 a 100 km/h e de somente 22 segundos para percorrer da imobilidade a 1.000 m.

Baseado na plataforma modeular EMP2 do Peugeot 308, ele tem tração integral, um interior com quatro bancos esportivos e emite apenas 70 g de CO2/km. O piloto ainda pode escolher entre quatro modos de percurso que entregam níveis de potência diferentes: Hot Lap (500 cavalos), Track (400 cavalos), Road (300 cavalos) e ZEV (0 emissão).

Derivado do 308 GTi by Peugeot Sport, com quem compartilha a base motora, este 308 troca o asfalto de ruas e avenidas pelas pistas dos autódromos.

Ao contrário seu “irmão” de série, que desenvolve 270 cavalos graças a um motor 1.6L THP, o 308 Racing Cup entrega no mínimo 308 cavalos, ou seja, 38 a mais. Um ganho de 14% de potência, que também ficou de 100 a 150 kg mais leve do que a versão esportiva de série.

Embora tenha elementos da suspensão do Peugeot 308 GTi by Peugeot Sport, o 308 Racing Cup é equipado com freios de competição munidos de pinças com seis pistões e uma transmissão sequencial de seis marchas com comando no volante.

Quanto ao estilo, o modelo impressiona com seu spoiler, em conformidade com o regulamento da WTCC, projetado para colar ao solo, e com as extensões dos para-lamas que aumentam sua largura em 106 mm em relação ao Peugeot 308 GTi by Peugeot Sport. Solidamente apoiado em largas rodas de 18 polegadas, ele está pronto para devorar o asfalto com seu para-choque que integra uma lâmina inferior e duas amplas entradas de ar.

Disponível no fim de 2016 para clientes de todo o mundo, ele vai substituir o RCZ Racing Cup nas Fórmulas de Promoção da Peugeot Sport e poderá participar dos campeonatos de carros de passeio, como o VLN na Alemanha, o CER na Espanha, o CITE na Itália e o BCDG na Bélgica, ou ainda nas corridas de resistência da série “24 Horas”.

Com mais de 1,8 milhão de clientes conquistados desde 2012 e com o lançamento do 208, o Peugeot i-Cockpit® tornou-se o traço distintivo das criações recentes da Marca. Em 2015, a Peugeot revela um novo estudo, materializado num conceito inovador batizado de Peugeot Fractal. Por trás das linhas futuristas deste cupê elétrico urbano, esconde-se uma nova expressão do Peugeot i-Cockpit®, na qual a ênfase dada ao som proporciona uma condução ainda mais instintiva.

Após a visão e o tato, a audição é agora o terceiro sentido solicitado durante esta experiência sensorial em que motorista e passageiros são mergulhados numa atmosfera única graças a um sistema acústico 9.1.2 que associa um conjunto de alta fidelidade 9.1 a alto-falantes de sons graves integrados ao encosto de cada banco, permitindo a espacialização e a dinamização do som.

O designer de som brasileiro Amon Tobin, especialista na área, colaborou com os especialistas de estilo da Peugeot para criar tanto a identidade sonora interna do conceito quanto sua assinatura externa, que varia quando o conceito acelera, desacelera ou circula em velocidade constante. Ela foi projetada para alertar pedestres e ciclistas, visando uma perfeita integração ao ambiente urbano.

No habitáculo, o Peugeot Fractal aposta em tecnologias inovadoras. O Head Up Display vem equipado com um bloco digital com tela holográfica HD, o pequeno volante tem comandos integrados e uma dupla interface sensível ao tato para gerenciar as funções e os ambientes acústicos. No interior, 80% das peças de superfície são impressas em 3D, incluindo as superfícies anecóicas que guiam o som como numa sala de concerto. E a abertura das portas pode ser comandada à distância com um relógio de pulso Samsung Gear S.

Movido por motorização totalmente elétrica, este cupê urbano desenvolve 204 cavalos de potência e oferece uma autonomia de 450 km graças à fluidez das suas linhas, a um peso limitado a 1.000 kg e a pneus Tall & Narrow com banda de rolamento estreita. Veloz, atinge 100 km/h em 6,8 segundos, percorre 1.000 m em 28,8 segundos e mostra-se muito a vontade na cidade graças a suas dimensões compactas (3,81 metros) e à altura livre do solo, variável de 7 a 11 cm.

A mais antiga marca de veículos de duas rodas motorizados do mundo estará presente em Frankfurt com três scooters de sua gama:

Peugeot Metropolis 400, o scooter de três rodas mais tecnológico do mercado, propõe desde meados deste ano uma nova série especial Blue Line. Em Frankfurt, a PEUGEOT Scooters apresentará a série limitada PEUGEOT Metropolis D-Air, equipada com o sistema Dainese de jaqueta-airbag sem fio mais rápido do mundo;

Django apresentará a motorização de 50 cm3, exatamente um ano depois de seu lançamento nas versões de 125 cm3 e 150 cm3. Disponível em quatro níveis de acabamento, este scooter moderno com estilo vintage pode ser personalizado graças ao configurador Django_ID, que oferece mais de 100 mil combinações possíveis;

O Speedfight IV de 50 cm3 é a quarta etapa de uma saga que teve início há quase 20 anos. Mais de 600 mil exemplares depois, ele está de volta mais equipado que nunca. O Speedfight Sport Concept será exposto em Frankfurt, onde fará sua pré-estreia.

Fonte: Departamento de Relações Externas Peugeot

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo