NotíciasReportagens

Saiba como funciona a reforma de pneus na Borrachas Vipal

Fotos: Divulgação

Para a maioria das pessoas, o processo de reforma de pneus remete a um ambiente de borracharia, com meios arcaicos e pouco seguros ou funcionais. Mas a realidade é completamente diferente, como no caso da Borrachas Vipal, por meio de sua rede autorizada de mais de 250 reformadores, utiliza um processo de alto padrão de qualidade para efetuar a recauchutagem de pneus de passeio e carga.

Quando a banda de rodagem de um pneu de caminhão ou ônibus chega ao fim de sua vida útil, ou seja, menos de 1,6 mm, não significa que é o fim daquele pneumático. A partir daí começa o trabalho da reformadora de pneus, que atua para adicionar uma nova banda de rodagem àquela carcaça de pneu, permitindo a reutilização da carcaça por mais alguns milhares de quilômetros.

O primeiro passo para a reforma é o cadastro do pneu, seguido da limpeza e precedido pela inspeção minuciosa em busca de imperfeições que possam impossibilitar a reforma. Logo que a banda antiga é raspada, é feita a colocação da nova banda de rodagem, que é enviada direto da fábrica para a reformadora e, por fim, o pneu é colocado em fornos de altíssima temperatura de forma a fixar a nova banda de rodagem à carcaça reutilizada.

De acordo com a Borrachas Vipal, cada pneu de carga reformado evita um gasto de, em média, 57 litros de petróleo em sua fabricação, além de uma economia de 80% no gasto de energia elétrica. E considerando-se o custo da reforma 60% inferior ao custo de um pneu novo, este é o motivo pelo qual, sempre que possível, a reforma dos pneus de carga é a melhor escolha.

Acompanhe no link abaixo um vídeo que exemplifica como funciona a reforma de pneus.

http://www.youtube.com/watch?v=SmwQRxkvKdU

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo