CarrosNotícias

Nissan: Fábrica em Resende atinge a marca de 20 mil veículos exportados

O Complexo Industrial da Nissan, em Resende (RJ), alcançou nesta semana a marca de 20 mil veículos exportados. O projeto de exportações da Nissan teve início em março do ano passado, e em abril deste ano já havia chegado às 10 mil unidades enviadas ao mercado externo. Foram necessários apenas seis meses e alguns dias para o volume dobrar.

A capacidade de abastecer os mercados externos com veículos brasileiros entrou em um novo patamar com a adoção em julho do segundo turno de produção na unidade de Resende. Para isso, a Nissan contratou 600 novos funcionários, que foram treinados para seguir os padrões mundiais de Qualidade da empresa.

Como parte do projeto de exportações da Nissan – reconhecido pelo Prêmio Rio Export 2017, da FIRJAN (Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro) – os veículos produzidos em Resende abastecem os mercados de oito países da América Latina. Argentina, Bolívia, Chile, Costa Rica, Panamá, Paraguai, Peru e Uruguai hoje recebem os modelos March e Versa fabricados no Sul fluminense.

O sedã compacto representa cerca de 57% dos carros produzidos para exportação, enquanto a Argentina é o principal mercado dos veículos feitos em Resende. O país vizinho absorve em torno de 44% do volume de exportações do Complexo Industrial da Nissan no Brasil.

A fábrica agora prepara o próximo passo do projeto: a produção do crossover Nissan Kicks para o mercado exterior. A planta está nos ajustes finais para começar a enviar à América Latina o modelo global, que desde maio deste ano é feito no Complexo Industrial de Resende.

Fonte: NissanNews.com.

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo