NotíciasPrimeira Volta

PRIMEIRA VOLTA: Fiat Argo Trekking pisa fundo na trilha da aventura

Fonte: http://autosgiros.com.br/

Sucesso crescente da Fiat no mercado brasileiro, o hatch compacto Argo está ganhando uma nova versão aventureira. A “Trekking” traz diferenciais exclusivos tanto na parte visual quanto mecânica, o que deve fazer com que o modelo, que está entre os 10 mais vendidos do país em 2019, siga subindo entre os líderes. A marca italiana realizou o lançamento da nova configuração na última semana, em Mogi das Cruzes (SP), e o Autos Giros esteve presente para trazer todos os detalhes.

As primeiras diferenças da nova configuração em relação ao resto da linha são, é claro, visuais. Na grade dianteira, destaque para o logo da Fiat escurecido, acompanhada por um adesivo exclusivo no capô. O teto bicolor com barras longitudinais, somado ao aerofólio traseiro, as saias laterais e os exclusivos pneus Pirelli de uso misto e 15 polegadas dão o toque bastante esportivo.

No interior, além do logo da marca também escurecido no volante, os bancos trazem novas costuras que incluem o nome da versão bordada no encosto. A central multimídia Uconnect de sete polegadas touchscreen compatível com Android Auto e Apple CarPlay traz projeção do celular com Google Maps, Waze e Spotify.

Na lista de itens de série estão vidros dianteiros e traseiros elétricos, retrovisores elétricos e faróis de neblina. Como opcionais, há também opção de rodas de liga leve de aro 15 com cor exclusiva e câmera de ré com linhas dinâmicas.

O motor é o mesmo Firefly 1.3 de 109 cv e torque de 14,2 kgfm das versões intermediárias, com torque bem distribuído, garantindo boas acelerações e retomadas, enquanto a transmissão é exclusivamente manual de cinco marchas. O conjunto garante boa dirigibilidade tanto no asfalto quanto na terra.

Mecânica pronta para qualquer desafio

Para lançar uma versão “verdadeiramente esportiva” do seu segundo modelo mais vendido (atrás da picape Strada), a área de engenharia da montadora no Brasil trabalhou durante 25 mil horas apenas no novo acerto das suspensões, além de desenvolvimentos em toda a parte mecânica, incluindo molas, amortecedores e pneus, criados pela Pirelli especialmente para o Argo Trekking.

Como resultado, o carro tem 210mm de altura do solo, o que significa 40mm a mais que a versão Drive 1.3, na qual foi baseado. “Ele é fruto de muito trabalho de engenharia. Tudo para deixá-lo mais alto e mais robusto. Ou seja, verdadeiramente “Trekking”, um orgulho para a Fiat Automóveis”, explica Ricardo Dilser, assessor técnico da marca no Brasil.

Durante o teste o novo Argo Trekking se mostrou suave nas trocas de marcha, com ótima resposta do motor 1.3 e se destacou pelo visual harmonioso tanto interno quanto externo. Somado ao preço competitivo, tudo indica que a versão esportiva do hatch compacto tem boas chances de se tornar comum nas ruas do Brasil. Disponível nas cores Branco Banchisa, Branco Alaska, Vermelho Montecarlo e Cinza Silverstone, o Fiat Argo Trekking tem preços a partir de R$ 58.990.

 Sucesso de mercado e 15 novos lançamentos

Lançado em 2017, o Fiat Argo tem como público principal homens (65%) com idade na casa dos 43 anos. No seu primeiro meio ano de mercado, o hatch alcançou 3,7% de participação no segmento, que mais que dobrou em 2018, atingindo 7,6% em 2018, seu primeiro ano completo nas ruas do Brasil. No primeiro trimestre deste ano o crescimento segue, com média de 8,1%.

Esta evolução demonstra que a estratégia da Fiat de renovar sua linha está dando resultado. A marca confirmou inclusive, durante o lançamento do modelo aventureiro, que terá mais 15 lançamentos entre atualizações e novos carros nos próximos cinco anos. “A Fiat é muito ligada à inovação e tecnologia, além de ser a mais brasileira das montadoras instaladas no Brasil. Tanto o Argo, quanto os também recentemente lançados Toro, Mobi e Cronos são projetos nacionais e pensadas para o público brasileiro”, destaca Dilser.

Ciclos de investimento e crescimento em 2019

Os recentes lançamentos da marca italiana são resultado de um investimento de 21 bilhões de reais, aplicados no mercado latino-americano entre 2012 a 2017. Além deste aporte, também está em curso outro ciclo, este de 14 bilhões de reais, entre 2018 e 2023.

A Fiat também comemora os bons resultados alcançados no primeiro trimestre de 2019. Segundo Ricardo Dilser, enquanto o mercado nacional cresceu cerca de 10% nos três primeiros meses do ano, a montadora italiana alcançou 23% de aumento nas vendas.

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo