NotíciasPrimeira Volta

PRIMEIRA VOLTA – Caoa Chery Tiggo 5X chega este mês às revendas a partir de R$ 86.990

Fotos: Arnaldo Moreira e Divulgação, especial para o CarPoint News

O consumidor brasileiro tem à disposição um novo modelo de SUV já a partir deste Natal de 2018, o Caoa Chery Tiggo 5X, nas versões T e TXS, que foi ontem apresentado a 67 jornalistas brasileiros especializados na fábrica da marca, em Anápolis, com direito a um test-drive completo na pista de testes por onde passam todos os veículos que saem da linha de montagem. A bossa deste lançamento é a projeção em laser do nome do carro no chão ao abrir a porta. 


O Tiggo 5X é o primeiro SUV da marca com motor turbo flex, 1.5, de 150 cv, abastecido com etanol, e 147 cv, a gasolina,  e 21,4 kgfm de torque, que lhe confere bons arranque e retomadas, graças também ao desempenho câmbio alemão, automatizado de dupla embreagem DCT (permite trocas mais rápidas), de seis velocidades. 

Senti falta, num carro do nível e do preço do Tiggo 5X, de aletas de troca manual de marchas no volante, que podem ser feitas, apenas, na alavanca do câmbio.

O acabamento deste SUV sinobrasileiro é de bom padrão e nota-se a preocupação do fabricante – exaltada pelo CEO da Caoa Chery, Márcio Afffonso – com esse item de tanta importância para os consumidores. Bancos de couro confortáveis, espaço generoso para as pernas, descanso de braço nos bancos da frente e de trás, um amigável sistema de multimídia e o design equilibrado e moderno – a leveza da traseira lembra o Mercedes Classe A -, teto solar panorâmico, formam um conjunto que torna o Tiggo 5X um carro atraente.


Construído na plataforma T1X, cuja característica é criar veículos seguros e dinamicamente eficazes, o Tiggo 5X tem, de acordo com a fábrica, 60% de aço de alta resistência na sua estrutura e 8% nos pontos nevrálgicos da carroceria que garantem firmeza na condução e segurança e durabilidade estrutural.

O Tiggo 5X, calçado com rodas de 18″ mostrou no teste de suspensão uma boa absorção de ruídos e de desníveis da pista, sem barulhos na carroceria e painel e comportamento normal nas curvas, mesmo as mais fechadas, com respostas imediatas de aceleração e bom desempenho dos freios ABS, com EDB (distribuição eletrônica da força).

E no de aceleração o turbo do motor 1.5 deixou claras suas funções no carro. Depois de um leve delay, atraso, normal, o motor responde com disposição e velocidade, o que é importante nos arranques e ultrapassagens que exigem eficazes retomadas de velocidade.

O Tiggo 5X, que vem equipado com rodas de 17″ na versão T e de 18″ na TXS, tem no meio do painel uma tela HD de 9″, sensível ao toque, com conectividade para smartphones com Apple Car Play ou Android, com espelhamento dee celular, câmera de ré. Na tela é comandado ainda o sistema de ar condicionado, telefone e rádio. 

Numa outra tela de 4,8″ no painel de instrumentos, além da leitura normal do desempenho do carro e dados do computador de bordo, o Tiggo 5X oferece ainda o controle de pressão e da temperatura dos pneus. No volante, de couro, há botões de controle de som, piloto automático. Ao lado, o botão de acionamento do motor Start & Stop, pois o carro traz chave presencial.

O Tiggo 5X é dos maiores de seu segmento, com 4,338 m, mas o porta-malas não é dos mais amplos, apenas 340l, que com os bancos traseiros rebatidos chega a 1.100l. Possui air bags frontais e de cortina, banco do motorista com regulagem elétrica e volante com controle de profundidade e altura, 

Durabilidade

Um detalhe revelado pelo gerente da divisão de Emissões e Durabilidade, Arkc Dutta, chamou a atenção, durante a visita ao setor. Explicou que os propulsores são submetidos a dois testes de durabilidade: carga média (Pick Power) de 400 h mantendo o motor em ritmo utilização urbana e estrada, e outro de carga máxima de 600 h, que corresponde à rodagem do carro durante 600 km na velocidade máxima. Neste caso, os motores e os câmbios chegam a atingir 1.600 graus de temperatura. 


Com esses testes, a Caoa Chery pretende que os motores dos carros que fabrica cumpram longas quilometragens sem problemas. Isso deixa clara a preocupação da fábrica em derrubar a fama de xinguilingue dos produtos – entre ela dos carros – chineses.


Márcio Affonso reforça esse esforço com o oferecimento de um serviço de pós-venda que inclui a entrega rápida de peças de reposição a um preço justo e revisões sem demora. Para tal, a Caoa Chery ampliará das atuais 65 para 111 o número lojas  pelo Brasil, em 2019.  O Tiggo 5X tem três anos de garantia e custa, na versão T, R$ 86.990 e, na versão TXS, R$ 96.990.

Confira o consumo do Tiggo 5X:

Urbano etanol: 7 km/l

Urbano gasolina: 10km/l

Estrada etanol: 9km/l

Estrada gasolina: 13 km/l

*Viagem a convite da CAOA Chery do Brasil

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo