CarrosNotícias
Tendência

Porsche Panamera revela duas novas versões E-Hybrid

Opcionalmente disponível com suspensão ativa Porsche Active Ride

A Porsche está ampliando ainda mais sua gama de trens de força para o sedã esportivo Panamera. Como parte da estratégia E-Performance, o Panamera 4 E-Hybrid e o Panamera 4S E-Hybrid foram adicionados ao portfólio de produção em série. Esta é a resposta da Porsche ao interesse particularmente crescente em sistemas motrizes e-hybrid eficientes e dinâmicos em muitos mercados. O novo Panamera estará disponível em um total de quatro opções de desempenho desta tecnologia avançada.

O Panamera 4 E-Hybrid é especialmente eficiente e versátil. Para gerar uma aceleração poderosa, a Porsche combinou um novo sistema e-hybrid com um motor a gasolina V6 biturbo de 2.9 litros profundamente revisado (224 kW/304 cv). A potência do sistema de 346 kW (470 cv) e o torque máximo de 650 Nm permitem aceleração de zero a 100 km/h em 4,1 segundos e uma velocidade máxima de 280 km/h.

O Panamera 4S E-Hybrid concentra-se mais na dinâmica de condução, bem como na entrega sustentada de potência na faixa superior de rotação. Seu motor seis cilindros biturbo de 2,9 litros oferece 260 kW (353 cv). A potência do sistema é de 400 kW (544 cv) e o torque máximo é de 750 Nm. Isso permite que o Panamera 4S E-Hybrid acelere de zero a 100 km/h em 3,7 segundos e atinja uma velocidade máxima de 290 km/h.

Comparadas à geração anterior, todas as versões Panamera E-Hybrid oferecem uma maior autonomia elétrica, velocidade de carregamento mais rápida, melhor resposta do acelerador e melhor desempenho de condução em todas as circunstâncias. Com 25,9 kWh (bruto), a nova bateria de alta voltagem fornece cerca de 45% de maior capacidade em um espaço físico semelhante. Ao mesmo tempo, o novo carregador On-Board-AC de 11 kW reduz o tempo de carregamento para 2h39. Com 140 kW (190 cv) e 450 Nm de torque, o motor elétrico completamente novo oferece significativamente mais potência que seu antecessor. Ele também está integrado ao alojamento de forma eficiente e otimizado em termos de peso, e no circuito de refrigeração de óleo da transmissão PDK. O design interno do rotor (ele gira dentro do estator) reduz a inércia em massa em 50%, o que melhora a resposta do acelerador. Com uma recuperação de até 88 kW, o motor elétrico também contribui para a autonomia elétrica significativamente maior dos modelos Panamera E-Hybrid.

Os quatro modos de condução E-Hybrid, bem como as opções Sport e Sport Plus, otimizam ainda mais a eficiência dos novos modelos E-Hybrid da linha Panamera. Os veículos sempre iniciam no modo puramente elétrico E-Power. Uma vez que a bateria atinge um valor mínimo de carga, o sistema muda automaticamente para o modo Hybrid Auto, que adapta a estratégia operacional à situação de condução.

No modo E-Hold, o estado de carga atual da bateria é preservado. No modo E-Charge, por sua vez, o motor a combustão carrega a bateria até 80% quando está acima de 55 km/h, permitindo ao Panamera que os benefícios de eficiência do sistema híbrido sejam utilizados no tráfego urbano. Nos modos Sport e Sport Plus, a Porsche reduz o estado alvo de carga da bateria para 20 e 30%, respectivamente (anteriormente 30 e 80%). Isso aumenta a eficiência sem sacrificar o desempenho.

A Porsche equipa todas as versões do novo Panamera com uma suspensão a ar adaptativa de dois compartimentos, incluindo Porsche Active Suspension Management (PASM) com amortecedores de duas válvulas como padrão. A inovadora suspensão ativa Porsche Active Ride também está disponível para os modelos E-Hybrid. Ela combina a capacidade de oferecer tração e desempenho em curvas otimizados com um alto grau de conforto. Cada amortecedor individual – também equipado com tecnologia de duas válvulas – tem uma bomba hidráulica operada eletricamente, alimentada pelo sistema de 400 volts, que pode ser usada para criar ativamente forças nas direções de compressão e distensão. Como resultado, a suspensão absorve quase completamente os movimentos da carroceria causados pelas imperfeições da estrada e mantém o veículo nivelado o tempo todo durante as manobras de condução esportiva. Os amortecedores operam até 13 Hz, o que significa que podem ajustar a configuração até 13 vezes por segundo e reagir incrivelmente rápido à situação de condução e à superfície da estrada. A tecnologia também permite funções inovadoras, como a supercompensação de movimentos de inclinação, bem como o aumento de altura da carroceria ao entrar e sair do carro.

Todas as versões do novo Panamera têm um design atlético e moderno. Na frente, o visual é caracterizado pelos novos faróis de LED matrix padrão e uma entrada de ar horizontal adicional. Na traseira do sedã esportivo, uma luz traseira contínua e uma janela sem moldura distinguem o novo Panamera. O acabamento da janela em prata realça a linha lateral.

Os novos modelos E-Hybrid serão oferecidos no Brasil. Preços, especificações e data de abertura das pré-vendas serão divulgados futuramente.

Fonte: Comunicação Porsche Brasil

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo