CarrosNotícias

Porsche entrega mais de 300.000 veículos em 2021

O maior resultado de entregas na história da empresa: a Porsche entregou 301.915 veículos a clientes em todo o mundo no ano fiscal de 2021, um aumento de 11% em relação a 2020. Todas as regiões de vendas globais contribuíram. Porém, os maiores aumentos foram registrados no continente americano. A China continua a ser o maior mercado exclusivo para a Porsche.

“Apesar dos desafios impostos pela falta de semicondutores e as disrupções causadas pela pandemia de Covid-19, trabalhamos arduamente para permitir que mais clientes realizassem o sonho de possuir um Porsche” afirma Detlev von Platen, membro do Conselho Executivo responsável por vendas e marketing na Porsche AG. “A demanda continua elevada e nosso banco de pedidos continua muito robusto. Dessa maneira, iniciamos 2022 em ritmo acelerado em todas as regiões do mundo.”

As entregas do Taycan mais que dobraram
Os modelos com maior procura em 2021 foram novamente os SUVs da marca, liderados pelo Macan. 88.362 clientes tornaram-se proprietários de um Macan. O Cayenne ficou em segundo lugar com 83.071 veículos. O Porsche Taycan, totalmente elétrico, teve um aumento notável: um total de 41.296 unidades, o que é mais que o dobro do número de entregas em relação ao ano anterior. O ícone do carro esportivo, o 911, também bateu recorde, com 38.464 entregas. O Panamera vendeu 30.220 unidades. O 718 Boxster e 718 Cayman foram entregues a 20.502 clientes.

A demanda mundial continua forte
A Porsche aumentou seus números em todas as regiões de vendas do mundo. O crescimento foi especialmente forte nos EUA, onde foram vendidos 22% mais veículos do que no ano anterior. No total, 70.025 clientes dos EUA compraram um modelo da extensa linha de produtos. Nas Américas, a Porsche fez 84.657 entregas, também representando um aumento de 22%. A China continua sendo o maior mercado único para o fabricante de carros esportivos e registrou um excelente resultado geral em 2021, com um aumento de 8% em relação a um ano já recorde de 2020. No total, 95.671 veículos foram entregues a clientes chineses, apesar dos desafios impostos pelos gargalos nas cadeias produtivas. No geral, houve 131.098 entregas na região da Ásia-Pacífico, África e Oriente Médio, 8% a mais do que em 2020.

A demanda também aumentou no mercado doméstico da Alemanha com 28.565 veículos entregues, representando um aumento de 9%. No total, 86.160 veículos foram entregues a clientes na Europa – 7% a mais em comparação a 2020. Destaca-se a elevada taxa de carros esportivos elétricos. Cerca de 40% dos veículos Porsche entregues na Europa em 2021 eram elétricos: híbridos plug-in ou carros totalmente elétricos. “O resultado geral é muito promissor e mostra que a estratégia de aumentar o número de veículos elétricos em nossa frota está funcionando e está alinhada com a demanda e as preferências de nossos clientes. Ao mesmo tempo, as vendas unitárias não são o fator decisivo para nós. Em vez disso, queremos representar experiências exclusivas e únicas para os clientes e continuaremos a expandi-las em todo o mundo”, diz Detlev von Platen.

Porsche registra alta de 24% no mercado brasileiro em 2021
Em 2021, a marca entregou 3.079 automóveis no mercado brasileiro entre janeiro e dezembro. Esse número representa um aumento de 24% em relação a 2020 e se constitui em um novo recorde absoluto de entregas no país. O resultado de alta nas vendas pode ser atribuído à uma série de medidas, entre elas a ampliação da rede de concessionários e a maior oferta de produtos e serviços.

O 911 foi o modelo mais vendido, com 852 unidades entregues. O SUV Macan ocupa a segunda posição com 821 unidades, seguido pelo Cayenne com 578 veículos entregues. O Taycan contribuiu com 385 unidades. Os 718 Boxster e 718 Cayman registraram 325 unidades vendidas. O Panamera fecha a lista com 118 unidades.

Fonte: PR and Press Manager – Porsche Brasil

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo