CarrosNotícias
Tendência

Pistões impressos em 3D adicionam 30 cv ao Porsche 911 GT2 RS

A Porsche começou a imprimir em 3D os pistões que vão equipar o 911 GT2 RS. Segundo a marca, não são apenas mais leves do que os pistões tradicionais, como também aumentam a potência do motor em 30 cv.

Numa parceria levada a sério com a Mahle and Trumpf, a Porsche está utilizando pó de metal de elevada pureza e um processo de fusão a laser para criar os pistões que irão equipar o 911 GT2 RS.

Este processo envolve a utilização de um feixe de laser que aquece e derrete a superfície do pó que corresponde ao contorno da peça. A conclusão a que se chega é que quase todas as formas geométricas podem ser impressas em 3D, após os dados do projeto de design serem enviados através de um computador.

Graças à tecnologia de impressão 3D, os novos pistões para o Porsche 911 GT2 RS são 10% mais leves do que aqueles produzidos em série e forjados. Além disso, os novos pistões têm um sistema de refrigeração integrado e fechado ligado à coroa do pistão.

Segundo explica Frank Ickinger, do departamento de desenvolvimento da Porsche, este fabricante conseguiu aumentar a velocidade do motor, otimizar a combustão e baixar a carga da temperatura nos pistões. O resultado traduz-se num aumento de 30 cv no motor twin-turbo de 3,8 litros e seis cilindros, passando dos 690 cv para 720 cv.

Esta não é a primeira incursão da Porsche no mundo da impressão 3D. Desde o passado mês de maio que a marca imprime em 3D as partes almofadadas e as superfícies de encosto dos assentos disponíveis nos modelos 911 e 718 Cayman/Boxster.

Além disso, foram reproduzidas cerca de 20 peças para os modelos clássicos da Porsche, que estão a ser impressas em 3D, como por exemplo uma alavanca que liberta a embreagem do lendário Porsche 959.

A Porsche não disse, no entanto, se e quando vai começar a vender veículos com pistões impressos a 3D.

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo