CarrosNotícias

Petmóvel: Nada parecido

Por Orestinho Moquenco (texto e fotos)

Após muitos dias de conversas, e-mails, WhatsApp, Messenger, e outros, entre este jornalista que vos escreve e a assessoria de imprensa do Petmóvel, e o departamento da empresa, depois de conferir que não era um ataque de um influenciador digital, querendo passear com o veículo em questão, autorizou fazer a matéria, incluindo um rápido test drive do produto, que é a condução do veículo para avaliar a sua dirigibilidade e estado geral de funcionamento.

Para começar, o encontro com Procópio, o “Secretário “, um personagem das ruas da cidade. O zelo do criador e um só aviso: “Cuidado pra não danificar o veículo!” Pensei comigo, será que ele sabe que na minha vida de jornalista automotivo, acabei somente com dois automóveis de teste? Acredito que não, mas fiquei na minha e cheguei na humildade. O Petmóvel esperava e eu com aquele nível de ansiedade controlado até a primeira marcha.

As primeiras impressões são de que nunca havia dirigido nada igual e conferi que realmente, era isso mesmo. Artesanal até o fundo da alma. Mecânica elaborada com um cuidado extremado. Saí puxando, pela calçada, pois o motor é de acordo com quem puxa e a potência aparece rapidamente.

Estabilidade boa, aproveitando a concepção offroad dele. Pneus seccionados, proporcionando uma tração incrível. Dirigibilidade satisfatória, usando um conjunto de construção simples, para o construtor claro, até deu gosto de brincar, deixando os pequenos caminhões de madeira, da minha época, estacionados.

Depois de meia hora de contato com o Petmóvel, senti aquela criança que ainda tenho dentro de mim. Puxei com força e ele nem sentiu, verdadeira curtição. Como pode, um artesão como o Procópio, não ter uma chance no mercado de trabalho, onde os projetistas contam com todos os recursos disponíveis e às vezes, o automóvel “nasce morto”? Mas, isto é outro problema.

Com, no máximo meia dúzia de garrafas pet, ele constrói sonhos de muitas crianças, sem grande poder aquisitivo, mas que curtem o carrinho como se fosse o mais moderno automodelo. Vende por R$ 10,00 cada e tem seu ponto no quarteirão da rua Álvares Cabral, entre as ruas Mariana Junqueira e Duque de Caxias, no Centro de Ribeirão Preto, interior de São Paulo. Gostei muito e se você quer um brinquedo simples, por um preço honesto, fale com o Procópio, o “Secretário”, geralmente tem a pronta entrega ou não demora nada para fazer e atender o pedido.

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo