MotosNotícias

Parte da MV Agusta é vendida para a Mercedes

Foto: Divulgação

Parece que virou mania entre as montadoras de automóveis adquirir marcas de motocicletas. A primeira foi a Audi, que comprou a Ducati, agora é a vez da Mercedes, adquirir parte da MV Agusta. De acordo com a marca alemã, foram comprados 25% do capital da histórica fábrica de motos.

As informações são do diário alemão Sueddeutsche Zeitung, o acordo entre a Daimler Mercedes e a MV Agusta foi fechado por um valor aproximado de 30 milhões de euros. Com isso, a Daimler, que detém a Mercedes e Smart, terá também acesso aos motores tricilíndricos de alta performance utilizados pela marca italiana nas suas motos.

De acordo com a fonte, o plano da Mercedes é utilizar estes motores de três cilindros na anunciada ofensiva de dez novos híbridos que a Daimler se prepara para lançar até 2017. Estratégia essa usada também pelo Grupo Volkswagen, que adquiriu a Ducati e apresentou no último salão de Paris o XL Sport Concept, equipado com um motor de dois cilindros da marca de motos.

A MV Agusta foi fundada em 1945 e sempre foi conhecida pelas suas motos esportivas e exclusivas. Um dos seus últimos proprietários foi a Harley-Davidson, que a 6 de agosto de 2010 vendeu a marca italiana ao seu anterior proprietário: Claudio Castiglioni.

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo