ManutençãoNotícias

O que é melhor: bateria comum ou selada?

Fotos: Divulgação

A maioria dos carros está equipada com baterias de água ácida, também chamadas de baterias de partida. Elas são projetadas especialmente para dar a partida no motor de arranque, fazendo  o motor girar, ligando o carro.

Conforme o tempo, a bateria vai perdendo água, um dos componentes necessários à produção de eletricidade. Sendo assim, é preciso acrescentar água destilada na bateria de tempos em tempos.

Porém, as baterias mais modernas, chamadas de baterias seladas, acabam com esse inconveniente. Nelas, há adição de 0,07% de cálcio aos eletrodos de chumbo, e isso faz com que a decomposição da água seja quase zero.

Além disso, a bateria selada gera oxigênio e hidrogênio, que se combinam a fim de formar água. Portanto, o nível de água permanece o mesmo durante toda a sua vida, sem necessidade de reabastecê-la.

Agora, temos uma noção de qual bateria é mais conveniente, mas vamos olhar as vantagens e desvantagens para entender a diferença entre os dois tipos de bateria:

Bateria Selada

Vantagens: Um dos inconvenientes da bateria é a manutenção. Na bateria selada, esse cuidado não é necessário. Inclusive, a água da bateria dura por toda vida útil e não precisa ser reposta. Isso é possível porque, na bateria selada, o processo químico para produzir eletricidade consome uma quantidade insignificante de água. E falando no tempo de duração do equipamento, essa é outra vantagem da bateria selada, que chega a durar 4 anos se for utilizada adequadamente.

Desvantagens: Ao mesmo tempo que não precisar colocar água na bateria é uma vantagem, isso pode causar uma inutilização da bateria. Em caso de sobrecarga, a água da bateria é consumida completamente e desaparece. Visto que a bateria selada não dá acesso ao eletrólito, não há como verificar o nível de água e muito menos repor o líquido. Portanto, a bateria acaba ficando inutilizável após uma sobrecarga.

Bateria Não Selada

Vantagens: Se for respeitada a frequência de manutenção, uma bateria não selada pode durar tanto quanto uma bateria selada. O intervalo recomendado para verificar o nível de água na bateria é de 3 a 6 meses, assim sua vida útil chega facilmente a 4 anos.

Desvantagens: A bateria não selada requer manutenção. O nível de água deve ser verificado a cada 3 ou 6 meses de uso. Caso contrário, o tempo de vida da bateria comum é encurtado. Esse cuidado é necessário porque, se o nível de água estiver abaixo da placa, a bateria perde a eficiência e começa a se degradar.

Fonte: Salão do Carro (salaodocarro.com.br)

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Um Comentário

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo