CarrosNotícias

O cérebro da Audi para a autopilotagem

Foto: Divulgação

O controlador central de assistência à direção (zFAS) é o coração dos futuros sistemas de autopilotagem em desenvolvimento pela Audi. Esse cérebro central usa processadores de última geração e de alto desempenho e chegará às linhas de modelos da marca no futuro próximo. Ele é um marco chave na trajetória para funções de direção novas e automatizadas e uma demonstração do papel pioneiro que a Audi está assumindo no campo da autopilotagem. A empresa especialista em tecnologias Delphi foi premiada com o contrato para sua produção do equipamento em série.

A Audi desenvolveu esse centro de controle em colaboração com líderes internacionais em tecnologia. Sob a direção da Audi, uma equipe de especialistas da TTTech, Mobileye, nVidia e Delphi desenvolveu conjuntamente os vários componentes de hardware e software. A Audi escolheu a Delphi como fornecedora do futuro sistema para o painel eletrônico do zFAS.

Uma ampla gama de informações de sensores é reunida no zFAS. O controlador usa isso para computar rapidamente um modelo completo das imediações do veículo e disponibiliza essas informações para os vários sistemas de assistência. Ele é, portanto, a interface central para todas as funções da autopilotagem.

No momento, a maioria dos sistemas de assistência ao motorista é gerenciada por controladores espacialmente separados. No futuro, a Audi será a primeira fabricante de automóveis a implementar essa função em uma arquitetura de domínio central. A Audi adotou uma abordagem inovadora para consolidar as funções, os sensores necessários, os hardwares dos componentes eletrônicos e a arquitetura do software em um sistema central. Desde o início, o foco principal foi o conceito de segurança.

Os componentes eletrônicos de alto desempenho são um pré-requisito para a computação de alta potência em um pacote compacto. O painel do zFAS é equipado tanto com o processador móvel EyeQ3 da Mobileye quanto com o novo Tegra K1 da nVidia. A tremenda potência computacional provida por essa solução corresponde a toda arquitetura eletrônica de um carro médio bem equipado. Graças ao alto grau de integração, o novo painel tem o tamanho aproximado de um tablete PC. Seu conceito modular torna o zFAS flexível e escalável e, assim, possibilita inovações futuras em todos os aspectos.

A Audi também está trabalhando com fornecedores líderes nas suas áreas, tais como Bosch, Continental, Valeo e Delphi para desenvolver os sensores e elementos de atuação como os sistemas de frenagem e direção. O objetivo é desenvolver padrões comuns e oferecer aos clientes modernos sistemas de assistência ao motorista para proporcionar maior segurança, conforto e conveniência na estrada para uma direção totalmente automática.

No futuro próximo, o sistema Audi Connect permitirá que os carros pilotados da Audi também aprendam continuamente como eles são dirigidos. Os dados computados pelo painel do zFAS serão transferidos por meio da rede de telefonia celular — via LTE, onde estiver disponível — para um núcleo de dados de TI nas nuvens. Ele processará aqueles dados usando algoritmos para aprendizagem automática por meio da inteligência artificial, antes de enviar os dados de volta para o carro. O painel do zFAS ampliará continuamente seus recursos para dominar situações ainda mais complexas e de forma cada vez melhor. Os carros autopilotados da Audi serão aperfeiçoados cada vez mais todos os dias com cada nova situação que eles vivenciarem.

Fonte: Departamento de Comunicação Audi do Brasil

 

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo