Sem categoria
Tendência

O 1.000.000o automóvel elétrico da BYD é produzido

A BYD comemora um importante marco ao se tornar uma das primeiras montadoras automobilísticas a produzir um milhão de automóveis elétricos. O milionésimo veículo, um Han EV, saiu hoje da linha de produção na sede e fábrica da BYD em Shenzhen.

Em uma cerimônia especial, líderes de órgãos governamentais, associações industriais, parceiros e fornecedores da BYD, 400 veículos de comunicação e cerca de 100 proprietários de automóveis BYD se reuniram para comemorar a ocasião.

O momento marcante na história da BYD coincide com o anúncio de que o primeiro lote de 100 BYD Tang, utilitários esportivos 100% elétricos, está agora pronto para entrega na Noruega. O país escandinavo foi escolhido como plataforma de lançamento para os ambiciosos planos da BYD no mercado europeu de automóveis. A BYD também anunciou que, no total, 1.500 SUVs BYD Tang serão entregues na Noruega até o final do ano, com a empresa se comprometendo a acelerar suas estratégias europeia e global. A entrega dos primeiros 100 automóveis para os clientes noruegueses está programada para o terceiro trimestre deste ano.

O trabalho pioneiro da BYD no desenvolvimento da tecnologia de baterias e na fabricação de veículos elétricos tem liderado a revolução na indústria automotiva global desde que a empresa entrou neste segmento, em 2003, liderada por tecnologias inovadoras e por uma estratégia comercial global bem calibrada. Em 2004, a BYD revelou seu carro-conceito 100% elétrico, o BYD ET, no Salão do Automóvel de Pequim, marcando a estreia de um modelo de energia limpa. Em 2008, o primeiro veículo híbrido plug-in produzido em massa do mundo – o BYD F3DM – foi oficialmente revelado. Então, em 2020, o BYD Han, foi lançado com parâmetros de desempenho que estabeleceu 12 recordes mundiais e nove na China. O BYD Han continua a ser um modelo líder de vendas no mercado de sedans médio a grande de luxo, com as mesmas credenciais de modelos rivais das três gigantes alemãs de carros de luxo.

“A BYD assume a responsabilidade e a missão de servir como modelo para novas marcas de veículos elétricos na China” disse Wang Chuanfu, fundador e CEO da BYD. “Do primeiro ao milionésimo veículo, essa é a resposta da BYD ao chamado para a transformação global da indústria automotiva. A BYD começou a partir do zero, à medida em que o país, dominado pela industrial automotiva tradicional, se transforma em um país que é referência em sustentabilidade”.

De acordo com Adalberto Maluf, Diretor de Marketing e Sustentabilidade da BYD, “esta marcar é mais do que simbólica, ela representa que a eletromobilidade se consolida como a principal tendência do setor automotivo no mundo. A BYD se orgulha de ser pioneira e uma das maiores fabricantes de veículos elétricos da história. A empresa foi criada com três sonhos: a geração de energia solar, o armazenamento de energia e a mobilidade elétrica como instrumento para redução da poluição, melhoria da qualidade de vida e criação de empregos verdes. Ficamos muito felizes em ver que finalmente o veículo elétrico chegou para dominar o setor automotivo mundial.”

“O caminho para o milionésimo veículo não teria sido possível sem o apoio dos proprietários de automóveis em cada passo do caminho”, acrescentou Wang Chuanfu, “e a BYD reconhece que “os sonhos verdes” só poderão ser alcançados de mãos dadas com todos os nossos clientes”.

Com essa estreita relação com os clientes em mente, a BYD convidou 10 de seus clientes de veículos elétricos para participar da cerimônia, incluindo os proprietários do 100.000o e do milionésimo veículos. Eles se juntaram à BYD na celebração de seu esforço em caminhar em direção a um futuro melhor e sustentável. Na praça central da sede global da BYD, outros 80 proprietários de automóveis da BYD posicionaram seus veículos formando o número 1.000.000, para ajudar a celebrar o marco.

 

Além da notícia sobre a produção do milionésimo automóvel elétrico, a BYD também confirmou a entrega ao mercado europeu dos primeiros 100 BYD Tang 100% elétricos, a caminho da Noruega. O país do norte da Europa foi selecionado como plataforma de início de uma presença bem-sucedida no crescente mercado de veículos elétricos europeu.

Com a descarbonização no topo da agenda política europeia, a BYD chega ao mercado de automóveis em um momento importante. O BYD Tang é um forte competidor para as marcas europeias mais estabelecidas, com seu design elegante e novas tecnologias oferecendo uma proposta convincente para os compradores de automóveis zero. No centro de suas credenciais tecnológicas está a nova bateria Blade, ultra segura e com economia de espaço, com números de desempenho  de até 505 km (NEDC) e aceleração de 0-100 km/h em apenas 4,6 segundos a partir de sua capacidade de 86,4 kWh.

A BYD descreve seu novo negócio na Noruega como o “começo do sonho europeu” no que diz respeito às ambições de seus carros de passageiros. Um diferencial fundamental para a BYD é seu compromisso em trazer para o mercado somente automóveis 100% elétricos e de emissão zero – uma estratégia apoiada pela produção de ônibus elétricos da BYD e sua posição de liderança nos mercados em toda a Europa.

A chave para realizar os sonhos da BYD tem sido o apoio dos principais parceiros da cadeia de suprimentos. Na cerimônia de hoje, Wang Chuanfu fez uma referência especial à ZF Friedrichshafen AG, Fuyao, Valeo e outros, ao declarar a intenção da BYD de se unir com ainda mais parceiros em um esforço conjunto para liderar a transformação da indústria automotiva global e abrir caminho para a eletrificação.

A substituição do motor de combustão interna por veículos com novas fontes de energia – e especificamente veículos elétricos a bateria – é crucial para reduzir a dependência de combustíveis fósseis, garantir a segurança energética nacional e alcançar a meta de alcançar o ‘pico de carbono até 2030 e a neutralidade de carbono até 2060’. Como principal participante da nova indústria de veículos elétricos, a BYD continuará a trabalhar com parceiros, fornecedores e clientes para seguir em frente e realizar o sonho das viagens ecológicas.

Fonte: [email protected]

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo