CarrosNotícias
Tendência

Novo Lamborghini Sián Roadster é híbrido e tem mais de 800 cavalos

Superesportivo híbrido terá apenas 19 unidades produzidas, todas já vendidas

A Automobili Lamborghini apresenta o seu mais novo modelo Sián Roadster: um superesportivo híbrido sem teto produzido em edição limitada, desenvolvido a partir do emblemático motor V12 da marca e capaz de oferecer uma tecnologia única e números de performance sem igual.

O design do Sián Roadster permite a um exclusivo grupo de não mais do que 19 proprietários usufruir de um dos interiores mais espetaculares já feitos: permanentemente a céu aberto, com a inimitável sonoridade do mais potente motor V12 criado até hoje, tudo combinado com a uma extraordinária performance que antecipa o caminho a seguir no futuro pela Lamborghini, rumo à eletrificação.

O Sián Roadster faz a sua estreia na cor Blu Uranus, especialmente selecionada pelo Centro Stile Lamborghini, que, juntamente com o departamento Ad Personam, trabalha com cada cliente do modelo para personalizar completamente a cor e os acabamentos do seu Sián Roadster. O azul do céu junta-se com o verde dos campos para evocar a sensação de liberdade e as emoções de condução proporcionadas pelas prestações do Sián Roadster a céu aberto, ao passo que as rodas contam com acabamento em Oro Electrum – a cor eleita pela Lamborghini para simbolizar a sua eletrificação.

O interior é complementado por uma elegante combinação de branco com detalhes em Blu Glauco e elementos em alumínio na cor Oro Electrum: as saídas de ar, de novo desenho, produzidos através de impressão 3D, podem ser personalizadas com as iniciais do cliente.

O Lamborghini Sián Roadster mantém o design futurista do coupé, mas, enquanto um verdadeiro roadster, acrescenta uma nova pureza de formas, graças ao interior aberto. Visto por cima o Sián Roadster evoca a emblemática linha de periscópio inspirada no primeiro Countach, que percorre diagonalmente o habitáculo até à zona do eixo traseiro culminando nas linhas aerodinâmicas destinadas a canalizar o ar, situadas atrás dos dois ocupantes.

As longas linhas esculpidas do Sián, e os seus característicos elementos aerodinâmicos, conferem ao Roadster um perfil poderoso. A parte dianteira do veículo muito baixa, com spoiler em fibra de carbono integrado, adornam as emblemáticas lentes dos faróis em forma de “Y”.

O design puro do Sián Roadster exprime e forma clara a sua otimizada eficácia aerodinâmica e todo a sua capacidade tecnológica: o fluxo de ar é dirigido através dos spoilers e do capo dianteiro, percorre as entradas e saídas de ar laterais, e é escoado sobre o defletor traseiro, sem perdas de eficiência aerodinâmica devido ao cockpit aberto.

As aletas de refrigeração ativas posterior utilizam uma tecnologia única de materiais, patenteada pela Lamborghini: a ativação destas aletas é desencadeada pela reação destes materiais inteligentes à temperatura gerada pelo sistema de escape, o que lhes permite girar para proporcionarem uma solução de refrigeração elegante, porém, ligeira.

O desenho extremo e vigoroso da parte traseira do veículo incorpora o padrão hexagonal caraterístico da marca, com as seis luzes hexagonais inspiradas no Countach. O defletor traseiro está integrado na carroceria, eleva-se apenas durante o movimento do carro, para aumentar a performance.

O chassis baixo carrega um motor V12 de última geração: o termo “Sián”, que, no dialeto de Bolonha, significa “raio”, sublinha como a eletrificação do Sián Roadster representa um importante avanço da futura estratégia híbrida, mas mantendo as extraordinárias emoções e o desempenho dinâmicos inerentes aos superesportivos  da Lamborghini.

O sistema híbrido do Sián Roadster constitui a solução mais potente com o peso mais contido, combinando o motor V12 com um novo grupo motopropulsor. Para garantir uma resposta imediata e melhores numeros, foi incorporado na caixa de velocidades um motor elétrico de 48 Volt, que disponibiliza 34 cv e está encarregue de assegurar, através do consumo exclusivo de energia elétrica, as manobras a baixa velocidade, como as de marcha-atrás e de estacionamento.

O superesportivo dispõe de um supercondensador, uma inovadora aplicação da Lamborghini, e uma tecnologia pioneira a nível mundial, capaz de armazenar até dez vezes mais quantidade de energia do que uma bateria de ions de lítio. O sistema está montado entre o interior e o motor, o que garante uma perfeita repartição do peso.

Três vezes mais potente do que uma bateria com o mesmo peso, e três vezes mais leve do que uma bateria de potencia equivalente, o sistema elétrico composto pelo supercondensador e pelo motor elétrico pesa apenas 34 kg, com o conjunto a exibir uma notável relação peso/potência de 1,0 kg/cv. O fluxo de potência simétrico assegura a mesma eficiência nos ciclos de carga e de descarga, assim dando origem à solução híbrida mais leve e eficiente.

Esta avançada tecnologia combina-se com o motor V12, que conta com válvulas de admissão em titânio e oferece 785 cv (577 kW) às 8500 rpm. Juntamente com os 34 CV adicionais do sistema híbrido, o modelo disponibiliza 819 cv (602 kW) e alcança uma velocidade máxima superior a 350 km/h.

O Sián Roadster está dotado de um sistema de frenagem regenerativa altamente sofisticado, especialmente desenvolvido pela Lamborghini. Graças ao comportamento simétrico do supercondensador, o qual, ao contrário do que sucede com as habituais baterias de lítio, carrega e descarrega com a mesma potência, o sistema de armazenamento de energia do Sián Roadster carrega por completo de cada vez que a viatura trava.

A energia armazenada aumenta de imediato a potência disponível, o que permite ao motorista desfrutar de forma instantânea do aumento de torque em aceleração, até aos 130 km/h, altura em que o motor elétrico se desconecta de forma automática. Atributo que melhora a fluidez das manobras e torna o veículo 10% mais rápido do que se não dispusesse deste sistema.

Este inovador sistema também proporciona uma aceleração instantânea em mudanças curtas, e com uma superior tração, graças à combinação do motor V12 com o sistema híbrido. O Sián Roadster acelera dos 0-100 km/h em menos de 2,9 segundos, mas a melhoria da sua elasticidade é ainda mais evidente, como o prova a força de tração melhorada em 10% em 3ª velocidade.

Graças ao seu sistema híbrido, o Sián Roadster oferece um superior conforto de condução, em conjunto com uma resposta e prestações ainda mais dinâmicas. O momento em que, com um motor de combustão convencional, se sente a desaceleração, e a falta de binário durante uma troca de mudança, são eliminados devido ao aumento de torque fornecido pelo motor elétrico do sistema híbrido: assim se eliminando as incômodas sacudidelas, com o condutor a sentir somente o ser impulsionado contra o banco em aceleração.

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo