CarrosNotícias

Nissan inaugura primeira fábrica em Resende (RJ)

Fotos: Divulgação e Marcus Lauria

A Nissan do Brasil inaugurou hoje, 15 de abril, oficialmente o eu Complexo Industrial em Resende, no Estado do Rio de Janeiro. A montadora confirma com isso, a sua estratégia global Nissan Power 88*. Segundo a marca, foram investidos R$ 2,6 bilhões, um dos maiores investimentos realizados no país para a construção de uma fábrica de automóveis. Através desse investimento ela terá capacidade para produzir até 200 mil veículos e 200 mil motores por ano.

A cerimônia oficial de inauguração foi realizada dentro das instalações do complexo industrial com a presença das seguintes autoridades:  Chairman e CEO Global da Nissan, o brasileiro Carlos Ghosn, do Governador do Estado do Rio de Janeiro, Luis Fernando Pezão, do Chairman da Nissan na América Latina, José Luis Valls, do Presidente da Nissan do Brasil, François Dossa, entre outros executivos da empresa, autoridades, funcionários da fábrica e convidados.

O Complexo Industrial da Nissan em Resende é fundamental para atingirmos nossos objetivos de crescimento no Brasil, que é o quarto maior mercado do mundo e peça-chave para o nosso desenvolvimento na América Latina. Nossa meta é atingir 5% de participação de mercado, ser a 1ª entre as marcas japonesas e líder em qualidade de produtos e serviços no Brasil até 2016”, afirma Carlos Ghosn, Chairman e CEO Global da Nissan.

A fábrica vai produzir inicialmente os veículos da Plataforma V (de “versátil”) da Nissan e também motores. Ele inicia suas atividades com a fabricação do novo automóvel Nissan New March e do motor 1.6 16V flexfuel, que equipa o carro. “A expansão da capacidade de produção da Nissan nas Américas nos últimos dois anos, com a abertura de novas fábricas nos Estados Unidos (em 2012), no México (2013) e, agora, no Brasil, ressalta oportunidades ainda não exploradas que nós enxergamos na região, em especial, no Brasil”, diz José Luis Valls, Chairman da Nissan na América Latina.

A Nissan começou as operações no Brasil em 2000 e, com o início de atividades do complexo de Resende, consolida sua presença lançando uma nova fase de crescimento no país. A nova unidade industrial de Resende vai contribuir para entregarmos modelos de última geração e ainda com mais qualidade e tecnologia”, explica François Dossa, Presidente da Nissan do Brasil.

A fábrica vai contar inicialmente com cerca de 1.500 pessoas, sendo que esse número pode aumentar para 2.000 empregos diretos em breve. Todos os funcionários da nova unidade passaram por formação no Senai de Resende e também dentro da Nissan. Além disso, mais de 300 deles tiveram treinamento de até três meses fora do país, em fábricas da Nissan no Japão, México, Estados Unidos e Inglaterra. Para isso até agora foram investidos R$ 9 milhões.

*Resumo Nissan Power 88

Anunciado em 2011, o plano de negócios global “Nissan Power 88″ abrange os anos fiscais de 2011 a 2016. Ele irá acelerar o crescimento mundial da empresa, incluindo novos mercados e segmentos. Com este plano, a Nissan vai maximizar e melhorar a sustentabilidade do valor do seu negócio.

 

O nome do plano enfatiza objetivos corporativos importantes. A Nissan irá renovar o seu foco na experiência total com o cliente por meio de ações que elevam a força de suas marcas e das vendas. Até o final do ano fiscal de 2016 a empresa terá como objetivo atingir market share mundial de 8% e também aumentar o lucro operacional para sustentáveis 8%.

Viagem a convite da Nissan do Brasil

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo