CarrosNotícias

Nissan compra 34% da Mitsubishi por 2 bilhões

Nissan_Group_Mitsubishi

Os rumores se confirmaram; é oficial. A Nissan investiu 2,17 bilhões de dólares na Mitsubishi, assumindo o controle da conterrânea que viu os valores de suas ações despencarem após recentes escândalos envolvendo adulteração de dados relativos à economia dos veículos. O presidente da Nissan, Carlos Ghosn, diz que preservará a marca e seus atributos e que o negócio melhorará os resultados para as duas empresas. O acordo é uma “extensão” de uma parceria firmada em 2010 para desenvolvimento de novos produtos e possibilita às duas empresas compartilharem mão de obra e tecnologia.

Nissan_and_Mitsubishi_Motors_forge_strategic_alliance

Osamu Masuko, CEO e Presidente da Mitsubishi declarou: “Na sua história de parcerias bem-sucedidas, a Nissan Motor Co. desenvolveu um conhecimento profundo de maximização de benefícios através de parcerias de aliança. Este acordo irá criar valor acrescentado para as duas empresas progredirem em direção ao futuro. Iremos nos beneficiar no longo prazo ao aprofundar a nossa parceria estratégica, incluindo partilhar recursos no desenvolvimento, assim como compras conjuntas”.

Sob os termos da transação, a Nissan irá adquirir 506.6 milhões de novas ações da Mitsubishi, ao preço de 468,52 ienes por ação. O preço por ação reflete o preço médio ponderado do volume de ações transacionado no período de 21 de abril de 2016 e 11 de maio de 2016. A Nissan será o maior acionista após a conclusão da operação.

A Mitsubishi Motor Company e a Nissan esperam que a Mitsubishi Heavy Industries, Mitsubishi Corporation e The Bank of Tokyo – Mitsubishi UFJ mantenham uma parte significativa de participação coletiva na Mitsubishi Motors e que apoiem esta aliança estratégica.

A transação está sujeita à assinatura do Acordo de Aliança definitivo. A assinatura do acordo de acionistas com os atuais acionistas do Grupo Mitsubishi será submetida às aprovações regulatórias e deverá ser assinado até ao final do mês de maio. A transação deverá estar concluída até ao final do ano.

A decisão da Nissan em adquirir uma participação estratégica na Mitsubishi marca à mais recente expansão do seu modelo de Aliança, construído à volta de 17 anos de um acordo de participações cruzadas com a Renault. A Nissan também adquiriu participações ou firmou parcerias com outros grupos automotivos, incluindo a Daimler e a AvtoVaz.

A encerrar a transação, a Mitsubishi irá propor executivos da Nissan para a sua administração na proporção dos direitos de voto da Nissan, incluindo um nomeado da Nissan para seu Presidente do Conselho de Administração.

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo