CarrosNotícias
Tendência

Na unidade localizada em Itatiaia, no Sul do Rio de Janeiro, Jaguar Land Rover produz mais de 15 mil veículos nos últimos 5 anos

Fruto de um investimento de mais de R$ 750 milhões, a fábrica produz o SUV Discovery e vai iniciar a produção do Evoque no final deste ano

A Jaguar Land Rover comemora, neste mês de junho, cinco anos de produção em sua fábrica em Itatiaia, no Sul do Rio de Janeiro. Inaugurada em 14 de junho de 2016, a fábrica é fruto de um investimento de mais de R$ 750 milhões, e já produziu mais de 15 mil veículos desde sua abertura. Atualmente, ela produz o SUV Discovery Sport e anunciou o retorno do Range Rover Evoque, que volta à linha de produção no final deste ano.

Para celebrar esse importante marco, a unidade recebeu a visita de membros da Missão Diplomática Britânica no Brasil, que se deslocaram dos Consulados em São Paulo e Rio de Janeiro até a fábrica para discutir iniciativas ambientais a bordo do Jaguar I-PACE. O veículo é 100% elétrico e já está alinhado com a estratégia global Reimagine, projetada para ajudar a Jaguar Land Rover a alcançar zero emissões até 2036 e emissões líquidas de carbono zero em toda a cadeia de suprimentos, produtos e operações até 2039.

“Estamos celebrando um importante marco em nossa fábrica, que chega a 5 anos fabricando veículos com excelência e demonstrando o compromisso da Jaguar Land Rover com o Brasil. Além do retorno da produção do Evoque no final deste ano, estamos em constante busca por novas tecnologias e soluções que contribuam para a mobilidade e a sustentabilidade, construindo um futuro melhor para as futuras gerações”, diz Frédéric Drouin, Presidente da Jaguar Land Rover América Latina e Caribe.

A fábrica da Jaguar Land Rover em Itatiaia tem trabalhado em uma série de projetos ambientais desde a sua abertura, como o recolhimento de águas pluviais e o plantio de milhares de árvores nativas para ajudar a preservar e melhorar o ecossistema do entorno.

A marca almeja alcançar o mundialmente reconhecido ouro no certificado LEED de sustentabilidade – tornando-a a primeira fábrica de automóveis no Brasil a conquistar o selo. A planta conta com tecnologias avançadas em seu processo de fabricação e possui instalações com certificações e conformidade de emissões referências na América do Sul.

O local também é sede do primeiro Centro Educacional (EBPC) da Jaguar Land Rover fora do Reino Unido, que fornece uma série de atividades em sala de aula para milhares de crianças de escolas locais. Esse modelo contribui para o desenvolvimento de habilidades importantes no mercado de trabalho, exercitando a consciência corporativa e inspirando essas crianças a seguirem carreiras gratificantes na Jaguar Land Rover no futuro.

A geração de energia renovável também é uma das preocupações da marca Jaguar Land Rover em todo o mundo. Entre as ações sustentáveis da marca no país, está a parceria com a ZEG, empresa do Grupo Capitale, que garante que o Jaguar I-PACE não apenas seja um veículo com zero índice de emissão, mas também que a energia elétrica utilizada por ele nos próximos oito anos tenha a garantia de ser uma energia renovável.

Para tornar esse fornecimento de energia limpa uma realidade para o I-PACE, a ZEG fornece insumo 100% renovável suficiente para o consumo dos 250 carros por oito anos.

Visando atender à demanda, a companhia vai gerar, por ano, 1,25 GWh de energia limpa a partir das fontes solar, hídrica, de biogás e de resíduos sólidos.

Em tempos de pandemia, a Jaguar Land Rover também vem investindo em novas tecnologias para aprimoramento do sistema de purificação de ar da cabine de seus veículos. Testes laboratoriais recentes, realizados no Reino Unido, de um novo sistema de filtragem de ar, inibiram a proliferação de vírus e bactérias na cabine em até 97%, oferendo mais segurança a bordo.

A inovadora tecnologia X de Nanoe™ X da Panasonic também foi testada para o novo coronavírus (SARS-CoV-2*) pela Texcell, uma organização global de pesquisa especializada em testes virais. Constatou-se que mais de 99,995% do vírus foi inibido durante o teste.

No Brasil, os veículos da marca já contam com um novo sistema de ionização do ar, com filtragem PM2,5, que captura partículas aéreas ultrafinas e alérgenos, aumentando a qualidade do ar. O sistema pode, inclusive, filtrar o ar da cabine antes de uma viagem começar usando o sistema de pré-condicionamento.

Fonte: Jaguar Land Rover

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo