ColunasNotíciasTrânsito e Vidas
Tendência

Muito Além de Rodas e Motores | Mitsubishi retorna à Stock Car na era SUV

A Mitsubishi Motors estará oficialmente de volta à Stock Car Pro Series a partir de 2025, ano que deve revolucionar a competição com a participação da nova geração de carros e o início da era SUV. O anúncio aconteceu no último final de semana, no Autódromo de Interlagos, e marcou o retorno da fábrica japonesa a categoria, no qual esteve entre 2005 e 2008. A partir do ano que vem, a Mitsubishi será a terceira marca da categoria, ao lado da Toyota e Chevrolet.

A Mitsubishi Motors sempre esteve muito ligada ao esporte. Além do automobilismo e das provas de rali, como a Mitsubishi Cup, maior rally cross country de velocidade da América Latina, apoiou modalidades como a vela, ciclismo e o tênis.

“Retornar à Stock Car, categoria que reúne os mais renomados pilotos em atuação, tenho certeza que faremos um excelente trabalho nessa categoria tão marcante para o automobilismo brasileiro”, declarou Mauro Correia, CEO da Mitsubishi Motors no Brasil, entusiasmado.

O CEO da Vicari, Fernando Julianelli, afirmou que com o retorno da Mitsubishi, a categoria cumpriu uma etapa importante do seu planejamento, que é trazer mais fábricas para o ecossistema da Stock Car. “A participação dessa marca comprova que estamos corretos no caminho do crescimento e atualizados com o que a indústria, patrocinadores, equipes e fãs esperam de uma competição automobilística”, afirmou.

Ele afirmou também que a decisão de utilizar os SUVs a partir de 2025 tornará mais atraente em termos de mercado, do nível de competitividade da categoria, da qualidade da proposta de entretenimento e que o pacote é perfeito para qualquer montadora ou patrocinador.

A participação inicial da Mitsubishi na Stock Car se deu de 2005 a 2009, durante quatro temporadas consecutivas. A estreia da marca aconteceu justamente em Interlagos, em 1º de maio de 2005. Dois meses depois, no Autódromo Internacional de Curitiba, ocorreu a primeira vitória, conquistada por Ingo Hoffmann.

Ingo Hoffman foi um dos 37 pilotos que representaram a Mitsubishi na Stock Car e é dele também o último pódio conquistado pela empresa na categoria, em 7 de dezembro de 2008, em Interlagos. Aquele também foi o último pódio de Ingo na Stock Car.

Em quatro temporadas, a Mitsubishi participou de 48 corridas e conquistou 16 vitórias, 13 poles-positions, 15 voltas mais rápidas e 38 presenças no pódio, além de dois títulos com Cacá Bueno, em 2006 e 2007, o piloto recordista nas principais estatísticas de performance da Mitsubishi na Stock Car: maior número de vitórias, poles, voltas mais rápidas e pódios.

A primeira pole-position da Mitsubishi foi estabelecida por Christian Fittipaldi no Autódromo de Buenos Aires, no dia 29 de outubro de 2005 e a última, por Cacá Bueno, no dia 6 de dezembro de 2008, em Interlagos.

Wanderley Reck Jr. foi o autor da primeira volta mais rápida das 15 que a equipe conquistou, no dia 15 de maio de 2005, no Autódromo de Curitiba. E a última foi de Cacá Bueno, em 23 de novembro de 2008, em Tarumã, Rio Grande do Sul.

Dos 38 pódios conquistados, o primeiro foi de Valdeno Brito, no dia 15 de maio de 2005, em Curitiba, e o último foi de Ingo Hoffmann, no dia 7 de dezembro de 2008, Interlagos.

A Mitsubishi retorna à Stock Car justamente quando a categoria celebra 45 anos e ganha ainda mais força e importância no automobilismo brasileiro e sul-americano.

Para os que nem eram vivos ainda, tudo começou em abril de 1979, quando dez pilotos alinharam no grid do Autódromo Internacional de Viamão, próximo a Porto Alegre, no Rio Grande do Sul.

Nestas 45 temporadas, a Stock Car se consolidou como a mais importante competição do esporte a motor nacional e tem atraído cada vez mais pilotos renomados do Brasil e do exterior.

Nas 615 corridas realizadas, mais de 400 pilotos já tiveram a oportunidade de competir, com 19 diferentes como campeões. Vinte circuitos já receberam ao menos uma prova da categoria, sendo dois deles no exterior: Buenos Aires, na Argentina, e no Estoril, em Portugal.

Desde Affonso Giaffone Júnior, ganhador da primeira corrida da história da categoria, até Gaetano de Mauro, o último a ingressar na galeria dos vencedores, a Stock Car teve 78 que venceram pelo menos uma vez e 123 competidores no pódio. Nesses 45 anos foram cinco diferentes marcas, Chevrolet, Mitsubishi, Volkswagen, Peugeot e Toyota.

A nova era SUV promete agitar ainda mais a categoria e atrair novos e jovens talentos.

Para os apaixonados pelo automobilismo será um grande espetáculo.

E para os mais experientes como eu, a grata constatação de que o esporte motor brasileiro parece tão efervescente quando na sua melhor fase, entre o final dos anos de 1960 e os anos de 1990.

Acesse nossos podcasts clicando aqui. 

Crédito das imagens: Divulgação Stock Car/Luca Bassani

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo