CarrosNotícias
Tendência

McLaren confirma números de desempenho do novo 765LT

Produção de 2020 atende unidades já vendidas e as manifestações de interesse para 2021 agora excedem o número total de carros disponíveis

Os primeiros exemplares encomendados pelos clientes do novo McLaren 765LT estão sendo montados manualmente no McLaren Production Centre em Woking, no Reino Unido. As entregas do novo McLaren “Longtail” − o modelo mais extremo da McLaren Super Series até hoje – começaram a ser feitas no fim de setembro.

Apenas 765 carros numerados individualmente serão oferecidos globalmente para atender aos pedidos de clientes. A produção de 2020 está totalmente alocada e as manifestações de interesse estão excedendo em muito a produção total. O Brasil receberá seis unidades do 765LT e as primeiras chegarão em dezembro de 2020 ou janeiro de 2021.

O McLaren 765LT incorpora todos os renomados atributos dos McLaren LT, incluindo engajamento do piloto, peso reduzido, dinâmica focada em pista, aerodinâmica otimizada e maior potência. Um programa de engenharia abrangente de redução de peso resultou no superleve 765LT, fazendo a balança indicar 80 kg* menos que o já líder 720S. A aerodinâmica sob medida do 765LT apresenta painéis de fibra de carbono fabricados pela primeira vez no McLaren Composites Technology Centre na área de Sheffield, além de uma asa traseira ativa “Longtail”.

A combinação do peso leve (1.229 kg com peso mínimo a seco) e a extrema potência e torque do motor McLaren V8 biturbo de 4 litros (765 HP e 800 Nm respectivamente) sustenta a incrível aceleração do 765LT. Assim como o desempenho esperado de menos de três segundos para acelerar de 0 a 100 km/h, o novo LT é capaz de atingir 200 km/h a partir da imobilidade em apenas 7 segundos (0,2 segundos melhor que a meta). A aceleração do quarto de milha (400 metros) é igualmente impressionante: 9,9 segundos − novamente, melhor do que as expectativas.

As primeiras unidades de carros especificados pela McLaren Special Operations (MSO) estão sendo compartilhadas com os clientes. Operando de acordo com seu princípio estabelecido de sempre promover a arte do possível, a MSO criou uma série de técnicas de pintura inovadoras e complexas que apresentam um nível totalmente novo de possibilidades de personalização.

O tema Strata revela um esquema de pintura gráfico exclusivo da “arte em movimento”, inspirado no horizonte de uma cidade e realizado em um design de três cores que exige 390 horas de pintura e acabamento à mão. A cor de base laranja Strata Azores é fundida com Vermelho Memphis e preto Cherry, com as duas cores de sobreposição percorrendo o esquema de pintura em direções opostas para se encontrar e se fundir nos painéis das portas diédricas do 765LT. O esquema de pintura exclusivo é aprimorado por uma linguagem de design coesa em todo o carro, tanto por dentro quanto por fora. As pinças de freio fazem parte da mistura de cores: pinças dianteiras são Vermelho Volcano e as traseiras em Laranja Azores, enquanto o interior apresenta uma série de recursos codificados por cores da linha MSO Bespoke, incluindo perfuração de assento laranja e sistema push-to-drink em Vermelho Memphis.

Um segundo tema baseado em um tema de favo de mel 3D, chamado ‘GEOHEX’, apresenta uma combinação impressionante de pintura MSO Bespoke Preto Tarmac e Tokyo Cyan (azul) com componentes de fibra de carbono visual da linha MSO Defined junto com uma série de detalhes de interior correspondentes. Um dos projetos mais cativantes até agora é um carro com carroceria totalmente em VCF (Visual Carbon Fiber, fibra de carbono visual), um modelo de demonstração já produzido em resposta a consultas de clientes. Ele foi construído em fibra de carbono brilhante transparente para demonstrar a pureza e a complexidade do alinhamento da trama. A Carroceria de Fibra de Carbono MSO Bespoke do 765LT está disponível em uma série de tonalidades sob medida, que podem variar em complexidade dependendo do visual pretendido.

Fonte: LetraNova Comunicação

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo