LançamentosNotícias

Primeira volta – JAC Motors apresenta novo J3 e novo J3 Turin

Fotos: Divulgação e Marcus Lauria

A JAC Motors apresentou ontem (18) em São Paulo, os novos J3 e o J3 Turin a exatos dois anos, quando inaugurou suas atividades no Brasil, em 18 de março de 2011. Nesse tempo já foram abertas mais de 50 concessionários. Os modelos chegam renovados e com um face-lift profundo, com mudanças notáveis logo à primeira vista e com resultado satisfatório.

O novo J3 e o novo J3 Turin ficaram mais bonitos, atraentes e modernos, além de assegurarem a ótima relação custo/benefício e a garantia de 6 anos sem limite de quilometragem”, opina Sergio Habib, presidente da JAC Motors Brasil. “Estimamos que os novos modelos auxiliem no cumprimento de nossa cota de 24 mil unidades vendidas da JAC Motors para 2013, que é o limite acordado pelo programa Inovar Auto”.

De acordo com a marca, os dois modelos foram desenvolvidos no Centro de Design da JAC Motors, em Turim, na Itália. A renovação foi quase completa no hatch, se não fossem as portas, que continuam as mesmas da versão anterior. Visto de frente destacam-se o novo conjunto ótico, que exibe lanternas maiores, delineadas por filetes internos de contornos orgânicos. Além disso a grade ficou maior, assim como o logotipo da JAC, a dianteira lembra muito os modelos da VW. Para deixar o modelo mais requintado, a JAC apelou para frisos cromados e os para-choque recebeu linhas mais fluidas e menos volumosas. A grade inferior agora é bem maior, bem como são novos os alojamentos dos faróis de neblina. Capô e para-lamas também são inéditos.

Já o sedã J3 Turin ficou com as linhas mais harmônicas, a dianteira é a mesma da versão hatch, na parte traseira, a marca deixou de lado o grupo ótico delgado, que se delineava em um desenho vertical e agora utiliza um conjunto “horizontal”, cada  lanterna se divide entre o para-lama e a tampa traseira, dando a impressão que a traseira “cresceu”. Além disso o novo para-choque ganhou uma base com contornos em alto-relevo e a adição de uma luz-espia. Ambos ganham novas rodas de liga leve. O visual ficou bem mais robusto que a versão anterior.

Por dentro nada é igual ao modelo de 2011, tudo novo. Oferecido como linha 2014, os dois carros tem o mesmo interior, que recebeu um novo volante de três raios em couro que é caracterizado por um elemento vazado em sua base, além de trazer apliques de black piano e comandos de áudio ao alcance da mão direita.

Outra novidade fica por conta do quadro de instrumentos que agora tem mostradores individuais, emoldurados por filetes cromados. Lá também estão os mostradores de nível de combustível e termômetro de água do motor ficam acondicionados “dentro” dos instrumentos maiores. Os hodômetros parcial e totalizador agora se apresentam em uma tela de LCD, que também contém um indicativo de qual porta do veículo está eventualmente aberta.

Apostando nos detalhes, a JAC aproveitou para trocar as alavancas presas à coluna de direção, onde se acionam setas direcionais e luzes (esquerda) e limpador de para-brisa (direita). As aletas de ventilação, por sua vez, não são mais redondas. Ganharam um desenho quadrado e filetado, facilitando o ajuste de direcionamento do ar dentro do veículo. À esquerda do volante, o painel exibe os comandos dos retrovisores de acionamento elétrico, que ficavam anteriormente no puxador da porta do motorista, e a regulagem elétrica de altura de facho dos faróis. Os modelos ganharam a chave de ignição tipo “canivete”, muito comum nos carros atuais.

O console central é inteiramente, onde foi adicionado o pelo acabamento em black piano. Na parte superior, ele recebeu um equipamento de áudio integrado ao conjunto, enquanto os controles de climatização foram deslocados para baixo. Até a alavanca do freio de estacionamento é nova. Os revestimentos das portas foram reformulados, que incluem novas teclas de acionamento dos vidros elétricos, os novos modelos receberam o comando de travamento central das portas.

Sob o capô nada de novo, os dois modelos seguem usando o mesmo motor 1.4 litro com comando variável de válvulas, que desenvolve 108 cv de potência a 6 mil rpm. O torque é de 14,1 kgfm a 4.500 giros. Bem equipado, ele sai da fábrica com direção hidráulica, trio, ar-condicionado, duplo airbags, ABS e rádio/CD/MP3/USB. A indicação de portas abertas no computador de bordo e a chave tipo canivete são as novidades. O J3 hatch custa R$ 35.990, enquanto que o Turin (sedã) é vendido a R$ 37.990.

*Viagem à convite da JAC Motors

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo