CarrosNotícias

Jeremy Clarkson é processado por discriminação racial

top_gear2-807x346

Oisin Tymon, antigo produtor do programa ‘Top Gear’, transmitido na BBC, vai processar a cadeia de televisão e Jeremy Clarkson, o antigo apresentador do programa.

A causa ainda sobre a polémica que levou ao afastamento de Jeremy Clarkson do ‘Top Gear’, com o apresentador a ser acusado de agredir o produtor durante as gravações. Tymon exige 100 mil libras (cerca de 141 mil euros), alegando discriminação racial e danos morais.

De acordo com um relatório interno do canal, Clarkson teria abusado verbalmente de Tymor, chamando-o de “Lazy irish c***” (comentário ofensivo que compara o produtor irlandês a uma parte do corpo feminino), antes de o agredir fisicamente durante cerca de 30 segundos.

“Durante o ataque físico, Oisin foi golpeado, o que resultou no inchaço e sangramento do seu lábio. O abuso verbal decorreu durante um longo período, na mesma altura do ataque físico e posteriormente”, esclareceu Ken MacQuarrie, um dos diretores da BBC.

Clarkson acabaria de sair da BBC e começar um programa rival na Amazon, enquanto o ‘Top Gear’ prepara-se para regressar, agora com Chris Evans “ao volante” e formato revisto.

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo