AntigosNotícias

Jaguar leva veículos históricos para a edição 2015 do Mille Miglia

Foto: Divulgação

Para comemorar seu 80º aniversário, a Jaguar reuniu uma frota de nove veículos raros e históricos da marca para participar da edição 2015 da lendária Mille Miglia, corrida que começa hoje e percorre grande parte do território italiano, saindo da cidade de Brescia rumo à Roma e com retorno ao local de largada.

Os fãs que acompanharem a exibição poderão ver de perto três exemplares do C-type, outros três do D-type, além de um XK-120, um XK-140 e um MK II, todos veículos produzidos durante a década de 50 e são considerados verdadeiras obras de arte sobre quatro rodas até os dias de hoje.

Um dos C-types que participarão da prova traz o código de registro “NDU 289” que comprova ser o mesmo modelo que participou da edição original da Mille Miglia em 1953, sendo conduzido na época pelos pilotos Mario Tadini e Franco Cortese. Esta edição marcará a volta do modelo às pistas 62 anos depois. Neste ano, o modelo será conduzido pelo Diretor de Engenharia da Jaguar, Mike Cross.

Outro C-type que largará hoje em Brescia já foi conduzido por nada menos do que Sir. Jackie Stewart, uma das lendas do automobilismo mundial, entre 1953 e 1955. Este ano, o mesmo modelo será conduzido pelo pentacampeão das 24 Horas de Le Mans e tricampeão das 24 Horas de Daytona, o experiente piloto Derek Bell. Um vídeo com mais informações sobre esse lendário veículo pode ser acessado pelo link: http://youtu.be/jVf9z1NEa2Y

O terceiro C-type da frota traz o registro ‘PUG 676’ e foi amplamente utilizado em corridas durante o período pós 2ª Guerra. Ele será pilotado pelo seu proprietário e atual presidente do Comité Real de Veículos a Motor, Bem Cussons.

A participação da Jaguar na lendária Mille Miglia não poderia ser completa sem a presença de veículos da linha D-type. Um deles, que traz o registro ‘NVC 260’, competiu em diversas edições da prova durante a década de 80. O modelo, que oficialmente pertenceu a Ralph Lauren, competiu diversas provas entre os anos de 1956 e 1957. Ele será conduzido nesta edição por Simon Kidston, seu atual proprietário e um dos maiores experts em automóveis do mundo.

Outro D-type que alinhará no grid de hoje traz o registro ‘RSF 303’. O modelo esteve em diversas corridas de renome durante a década de 50. O modelo foi criado para participar das 24 Horas de Le Mans e conquistou o vice-campeonato da prova na edição de 1957. No mesmo ano e no ano seguinte, ele também participou da Mille Miglia. Neste ano, ele será conduzido pelo Diretor de Design da Jaguar Ian Callum, companhado pelo empresário e fanático por carros Clive Beecham.

Sob o registro ‘393 RW’, o ultimo D-type da frota foi vencedor das 12 Horas de Remis em 1956 e conquistou o sexto lugar nas 24 Horas de Le Mans no mesmo ano – com direito a ter registrado a volta mais rápida da prova. Ele será conduzido nesta edição pelo renomado chef James Martin, que apresenta o programa Saturday Kitchen pela rede de TV britânica BBC. Um vídeo com informações completas sobre o lendário D-type pode ser acessado em: http://youtu.be/h_9JEnc6mSs

Modelos históricos e raros como esses podem ser conduzidos por entusiastas da marca em todo o mundo. Uma frota de C-type, D-type e E-type está disponível no Centro de Testes da Jaguar, na região de West Midlands, no Reino Unido.

O Jaguar Heritage Drive Experience dá a oportunidade de pessoas experimentarem a sensação de dirigir esses históricos veículos em programas que variam entre uma hora a um dia completo de experiência com os carros da marca.

Mesmo não estando disponível ao público no Jaguar Heritage Drive Experience, o público poderá ver de perto um exemplar do luxuoso sedã MK II na pista durante esta edição da Mille Miglia e perceber porque o modelo era um ícone durante a década de 50, ao atingir quase 200 km/h mesmo com cinco pessoas a bordo, marca impressionante para a época. Um exemplar idêntico ao usado este ano foi o vencedor do charmoso Rally de Monte Carlo em 1956, pilotado por Ronnie Adams.

Adicionando glamour à edição 2015 do Mille Miglia, o XK-120 de registro ‘OOF 748’, carinhosamente apelidado de Betsey por Jodie Kidd, apresentadora do programa “The Classic Car Show” exibido no Reino Unido. O veículo participou da prova no ano passado e será novamente conduzido por Joddie este ano. Mais informações sobre a linha XK-120, um dos primeiros veículos da Jaguar, podem ser vistas no vídeo: http://youtu.be/QVczfP4Q8Bc

Sucessor do XK-120, o XK-140 chegou ao mercado em setembro de 1954 e fez jus ao seu predecessor como um dois lugares superesportivo. A bordo do exemplar com registro ‘TAC 743’, que foi completamente restaurado em 2006, estará o piloto David Hobbs. A Jaguar irá publicar atualizações em tempo real da edição 2015 do Mille Miglia em sua página no Facebook www.facebook.com/Jaguar.

Fonte: Jaguar Land Rover América Latina e Caribe

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo