NotíciasReportagens

História: Há 91 anos a Ford comprou a Lincoln

Fotos: Divulgação / Lincoln Continental Mark-III 1968

Com o objetivo de expandir sua linha de produtos, a Ford Motor Company comprou a Lincoln Motor Company, em 4 de fevereiro de 1922, por 8 milhões de dólares – valor que a Lincoln de hoje pagou por  uma quota de publicidade no último Super Bowl de domingo passado, em New Orleans.

Na época, a Ford começou a perder mercado para a General Motors que já oferecia diversos veículos para os consumidores americanos enquanto a Ford ainda se concentrava apenas no Modelo T. Com a compra da Lincoln, Henry Ford programou a estratégia de também diversificar seus produtos no futuro.

Lincoln MKS

A Lincoln foi fundada em 1917 por Henry Leyland, ex-gerente da marca Cadillac, da GM e seu filho Wilfred Lincoln e após ser vendida para a Ford continuou a operar de forma independente até 1940, quando se tornou a Divisão Lincoln da Ford Motor Company. Ao longo dos anos a Lincoln desenvolveu vários automóveis icônicos como o Zephyr, Town Car e Navigator.

Logo após a compra, a Ford introduziu o Modelo A, que teve características de design parecidas com muitos dos veículos da Lincoln. O carro foi realmente apelidado de “Baby Lincoln” pela notável  semelhança.

Hoje, a Lincoln acaba de ser revigorada pela Ford com a recente criação da The Lincoln Motor Company. A decisão foi de Alan Mulally, CEO e presidente da Ford que a colocou como uma nova concorrente de peso no mercado de carros de luxo. Para recriar a marca, a logística foi lançar o sedan MKZ, carro de estilo único e inovadora tecnologia para atrair os novos consumidores do luxo sobre rodas.

No último Salão de Detroit a Lincoln apresentou o conceito MKC, um Crossover compacto da marca que poderá entrar no mercado no final de 2014.

Fonte: www.fordparatodos.com.br

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo