CarrosNotícias

Ford Sync no Museu da História do Computador

Fotos: Divulgação

O Museu da História do Computador, de Mountain View, Califórnia, acaba de incluir em seu acervo o premiado sistema de conectividade Sync da Ford que, agora, faz parte da coleção permanente do museu como um dos produtos mais valiosos no segmento da comunicação móvel.

O “Computer History Museum”, criado em 1996, é dedicado à preservação e apresentação das histórias e artefatos da era da informação, além de explorar a revolução da computação e seu impacto na sociedade mundial. Considerado um dos maiores do mundo, abriga e expõe uma imensa coleção de milhares de objetos raros, fotografias, filmes e documentação. Outro importante museu do segmento é o Heinz Nixdorf, na cidade de Paderborn, Alemanha.

Do ábaco à internet, passa pelas origens do Google, pelo supercomputador Cray-1, além de máquinas e sistemas que permitiram ao homem passear pelo espaço. É nesse mundo de alta tecnologia que foi incluído o sistema Ford Sync, que contribui para o automóvel se tornar numa unidade de comunicação e conectividade móvel.

Desenvolvido pela Microsoft, o Sync tem, como importante característica, a facilidade de poder ser atualizado pelo usuário o que permite aos proprietários de veículos Ford se integrarem aos mais recentes avanços dessa plataforma.

Atualmente, mais de 4 milhões de veículos da marca já são equipados com o Sync, universo que tem previsão de crescer para mais de 9 milhões, até 2015. Em última análise, o sistema Sync encarna o que a Ford tem como filosofia de trabalho – transformar idéias inovadoras em valiosos produtos que sejam acessíveis para milhões de pessoas.

Fonte: Ford para Todos

Etiquetas

Artigos relacionados

Um Comentário

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo