NotíciasReportagens

Ford desenvolve banco que detecta ataques cardíacos

A Ford desenvolveu um protótipo de um banco que permite monitorar a atividade cardíaca do condutor. O objetivo é reduzir o número de acidentes e de vítimas, derivado dos ataques de coração ao volante. O protótipo utiliza a tecnologia da eletrocardiografia (ECG), que monitoriza os impulsos elétricos gerados pelo coração, detectando sinais ou irregularidades, alertando o condutor para a necessidade de procurar um médico.

Este banco apresenta a particularidade de dispensar a aplicação de eletrodos metálicos sobre a pele, pois possui seis sensores que detectam a atividade cardíaca através da roupa do condutor. “Este sistema será capaz de detectar se alguém sofre algum problema cardiovascular, por exemplo, um ataque de coração, mas também poderia ser usado para detectar os sintomas de outras doenças como pressão sanguínea elevada ou desequilíbrios nos eletrólitos”, explica Achim Linder, médico do Centro de Investigação da Ford. “Isto não só beneficia o motorista como poderia tornar as estradas mais seguras para todos os utilizadores”, acrescentou.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo