CarrosNotícias

Ford comemora 92 anos no Brasil

Fotos: Divulgação

Por Raul Machado (Ford para todos)

A Ford, primeira montadora de veículos a se instalar no Brasil, em 1919, completa, dia 24 de abril, 92 anos do início de suas atividades e de sua total confiança no País. Foram nove décadas que concretizaram o sonho de um jovem americano de produzir automóveis eficientes, com alta qualidade, resistentes e de baixo custo. A saga de Henry Ford, hoje uma realidade presente em 108 unidades produtivas em 24 países, também é um êxito no Brasil onde a Ford conta com  cerca de 11.200 empregados, uma participação de 10% do mercado interno,  com um ritmo crescente de vendas e 28 trimestres consecutivos de lucros.

Foram 92 anos de árduo trabalho de milhares de pessoas que se tornaram “fordistas” de coração, de bilhões de dólares em investimentos e de confiança no País. Esse esforço se traduz, no momento, pelo projeto do Novo Ecosport, dentro do novo padrão de plataformas globais da empresa, em desenvolvimento pela engenharia da Ford, pela primeira vez na história da marca no Brasil, na unidade de Camaçari, na Bahia.

Esta história de profunda integração, uma verdadeira parceria no desenvolvimento do Brasil e ativa participação da empresa em todos os mais importantes momentos da vida do País, com grande contribuição ao seu crescimento econômico, social e tecnológico, começou, exatamente, no dia 24 de abril de 1919. Nessa data, a diretoria da Ford, reunida em sua sede, em Highland Park, Detroit, nos Estados Unidos, aprovou a criação da Ford brasileira, com capital inicial de US$ 25,000, logo aumentado para US$ 30,000.

Em 1921, as instalações iniciais, na rua Florêncio de Abreu, em São Paulo, onde a empresa montava os veículos no sistema CKD, se tornaram pequenas, para atender a demanda do mercado e a Ford decidiu mudar-se para um local mais amplo, um antigo ringue de patinação na praça da República, onde mais tarde seria o famoso Cine República (hoje o local é um amplo estacionamento, vizinho à estação República do Metrô) e, ao mesmo tempo construiu um edifício próprio na rua Solon, 809, no bairro do Bom Retiro, também em São Paulo.

A nova fábrica, inaugurada em 1922, obedecia à organização e estilo idealizados por Henry Ford, isto é, implantou no Brasil a linha para a montagem em série de veículos que tinha capacidade para a produção anual de 4.700 automóveis e 360 tratores. Em 1923, operava com 124 empregados e funcionou até 1953.

Tempos Modernos

No rumo de sua história aconteceram inúmeros lançamentos, solidificados, hoje, numa completa gama de veículos disponíveis no mercado e muitos projetos rumo aos automóveis globais, nova meta da companhia. Exemplo desse programa é o recente lançamento da linha Cargo 2012 com 11 modelos, desde leves até semi-pesados, dos quais, cinco com cabine leito. A Linha F completa a oferta de caminhões Ford no mercado nacional. Os investimentos de 4,5 bilhões de Reais, até 2015, permitirão à companhia uma grande renovação de produtos, já em 2012. No atual portfólio consta uma ampla linha de carros: Ka, Fiesta, New Fiesta, Focus, Fusion, Fusion Híbrido, EcoSport, Edge e Troler, além dos comerciais Ranger, Courier, F-250 e Transit, todos disponíveis nos 340 concessionárias da marca em todo o País. A marca também tem motorização moderna com a linha Sigma, resultado de investimento de 600 milhões de Reais na unidade de Taubaté. Atualmente, o Brasil é o 3º maior mercado mundial da Ford, atrás dos Estados Unidos e Reino Unido. Além disso, o Complexo Nordeste, em Camaçari, possui um dos cinco Centros de Desenvolvimento da Ford em todo o mundo, equipado com estúdio de design completo e tecnologia de ponta para simulações por computador e equipamentos de última geração, interligados em tempo real aos Estados Unidos, Europa e Ásia. Desde 2006, comandada pelo cinquentão paulistano Marcos Sérgio de Oliveira, engenheiro de formação, que destaca como um ponto alto da sua trajetória na Ford Brasil – o foco de gestão nas pessoas, expressão comum entre executivos, mas que, na Ford, resulta em diferentes profissionais de diferentes áreas trabalhando num mesmo projeto. Por outro lado, a engrenagem de engenharia, bem lubrificada, que foi montada na empresa, além de forte ação de marketing para alavancar os produtos da marca e evolução na rede de concessionários (entre instalações e treinamento) – resultado: 7 anos de lucros no Brasil.

 

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo