LançamentosNotícias

Fiat Freemont chega a partir de R$ 81.900

Fotos: Divulgação

A Fiat acaba de anunciar oficialmente seu mais novo modelo no mercado, trata-se do SUV Freemont, nada mais que um “clone” do Dodge Journey, já conhecido dos brasileiros desde 2008. O Freemont é fruto da aliança com a Chrysler. O modelo será oferecido em duas versões de acabamento: Emotion de 5 lugares por R$ 81.900 e Precision, de 7 lugares, por R$ 86 mil. A montadora oferece garantia de 3 anos. Comparado a versão original norte-americana, o modelo “italiano” ganhou nova grade, rodas e por dentro um novo painel e acabamentos exclusivos.

O motor escolhido para empurrar o primeiro SUV da marca será um quatro cilindros, de .4 litros, movido a gasolina, com duplo comando variável e 16 válvulas que entrega 172 cavalos de potência e torque de máximo de 22,4 Kgfm a 4.500 rpm. Em conjunto está o câmbio automático sequêncial de 4 marchas.

O SUV trás muitos itens de série como: controle de estabilidade desde a versão básica e freios ABS com EBD, e os mais tradicionais como trio elétrico, direção hidráulica, ar-condicionado entre outros. Opcionalmente serão oferecidos teto solar por R$ 2.500 e bancos de couro, nas cores preto ou bege, pelo preço de R$ 2.200. Além de quatro cores: branco, cinza, prata e preto.

Para a versão de entrada Precision, a Fiat reservou rodas de liga leve de 16 polegadas calçadas com pneus 225/65 R16. Enquanto que a topo de linha Emotion, trás rodas de 17 polegadas, com pneus 225/65 R17.

Em termos de performance, o Freemont chega a módicos 190 km/h e sua aceleração de 0 a 100 km/h é de 12,9 segundos enquanto a Emotion consegue fazer o mesmo percurso em 12,3 segundos. Segundo a marca, seu consumo é de 15,0 km/litro na estrada e 9,1 km/litro na cidade.

Fonte: CARPLACE

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

4 Comentários

  1. Interessante, é a certeza de ser um carro bem construído. Mas como ficará por ser um motor 4 cilindros? 9km/l na cidade? Só acredito vendo! Mas tem tecnologia para isso considerando que o sistema VVTI é o mesmo usado na Toyota, e rende economia e desempenho no Corolla.
    Assim que sair, levo para um test drive.
    Apesar de não gostar mto da Fiat, admito que esta está investindo mto…

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo