MotosNotícias

Família Kawasaki Ninja e sua história de sucesso

Fotos: VGCOM – Divulgação Kawasaki Motores do Brasil

Todo motociclista conhece ou já ouviu falar na lendária Kawasaki Ninja, hoje a família conta com 3 modelos, mas essa evolução começou em 1984.

A primeira Ninja era uma GPZ900R a primeira moto com 16 válvulas (4 por cilindro) refrigerada à água, motor de 908cc com 115cv e fazia a “criança” chegar a mais de240km/h, o que era novidade na época, nenhuma moto de fábrica chegou a esta velocidade até então.

Em 1986 a Ninja apareceu no filme Top Gun – Ases Indomáveis, na qual o galã Tom Cruise era um piloto de caça com seu personagem Maverick, o filme sucesso de bilheteria em 1986 com faturamento mundial de incríveis US$ 356,8 milhões, e é claro a Ninja foi apresentada ao mundo. Percebam que a cor da moto está invertida além dos adesivos, isso se deve ao fato de o estúdio não tem conseguido uma moto tipo “permuta” direto com a Kawasaki.

Sobre o nome Ninja, se conta que um diretor de marketing da Kawasaki nos Estados Unidos chamado Mike Vaughan que teve a ideia de substituir o GPZ900R por Ninja, inspirado na série de TV Shogun, independentemente de como surgiu o nome, é uma lenda no mundo duas rodas, lembro muito de quando passava o fim de ano na praia, isso com meus 9, 10 anos de idade e ficava alucinado com aquelas “Ninjas” desfilando, coisa de gente muito rica, imagine em meados de 1987, em resumo sempre foi encantadora.
Da GPZ900R até a insana H2 apresentada no salão de Milão em 2014, houve muita evolução na linha, sempre com o propósito da esportividade, da força bruta.

Falando em esportividade e competição, a equipe oficial Kawasaki Racing Team (KRT) que é pentacampeã do mundial de Superbike (WSBK) com as Ninja ZX-10R (2015 e 2016) e as Ninja ZX-10RR em (2017, 2018 e 2019 e seu super piloto, o britânico Jonathan Rea, o mais bem sucedido na categoria, nascido na Irlanda do Norte em 1987 (33 anos) já passou por várias categorias da motovelocidade.

Mas falando de Brasil, a Kawasaki Motores do Brasil dispõe de modelos com o grafismo da KRT que enfatiza mais ainda o espírito esportivo remetendo a todas estas conquistas e competições por todo o globo.


Kawasaki Ninja

A Ninja ZX-10R tem suspensão dianteira invertida Balance Free Front Fork com câmara de compressão externa, retorno, compressão e pré-carga da mola totalmente ajustáveis (baseada o WSBK) e amortecedor BFRC lite na traseira produzidos em parceria com a Showa, conta com muita eletrônica, sistema Kawasaki Quick Shifter (KQS) motor de 998 cm3 com potência máxima de 203 cv a 13.500 rpm e 213 cv a 13.500 rpm (com Ram-Air), controles de tração e largada. Disponível na cor cinza chamada “Pearl Storm Gray”.


Kawasaki Ninja ZX-10R

A Ninja ZX-6R amada pelos pilotos do mundo todo pela emoção que causa, entre eixos curto, câmbio de seis velocidades, motor de quatro cilindros em linha e 636 cm³ com 130 cv de potência máxima a 13.500 giros (136 cv com o sistema Ram Air), freios ABS com disco duplo de 310mm na dianteira no formato margarida pinça dupla de fixação radial com 4 pistões opostos, na traseira disco simples de 220mm pinça com pistão simples de alumínio. Conta ainda com outros itens de tecnologia como o KTRC (Kawasaki Traction Control) com 3 modos, o KQS (Kawasaki Quick Shift). Uma moto muito prazerosa e segura.
Já a Ninja 400, que veio evoluindo desde a 250 e não é mais uma “ninjinha” é uma moto excelente para entrada para quem quer sentir a emoção das pistas e para seu dia a dia, já que a posição de pilotagem oferece o conforto necessário. Seu Motor de 2 cilindros paralelos a deixa muito esperta (testamos ela, em breve a matéria completa), com potência máxima de 48cv a 10.000rpm refrigeração liquida, com torque de 3.9 kgf.m a 8000 rpm. As suspensões são bem calibradas para uso urbano, Garfo telescópico de 41 mm na dianteira e amortecedor a gás com ajuste de pré-carga da mola e atuação por link o visual é inspirado na H2, com as cores da KRT fica mais chamativa ainda.


Vá até uma concessionária Kawasaki (depois que passar a pandemia) ver de perto estes modelos com vestidos com a “Roupa” KRT e perceba seu coração batendo mais forte.

Fonte: VivoComMoto/ http://vivocommoto.com.br/familia-kawasaki-ninja-com-as-cores-da-equipe-krt-do-wsbk/

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo