CarrosNotícias
Tendência

Em ação conjunta Citroën e Peugeot apresentam seus Furgões para a linha 2021

Furgão de grande porte da Citroën chega com uma nova versão, que permite a pessoas habilitadas com CNH categoria B conduzir o veículo

A Citroën apresenta mais uma versão para o utilitário de grande porte Jumper, para o  segmento VUL no mercado brasileiro. A linha já contava com as opções Furgão e Minibus e agora ganha a variante Cargo. Na nova versão, pessoas habilitadas com CNH categoria B poderão conduzir o veículo – uma novidade para o modelo! Para atender à legislação em relação ao enquadramento da CNH, foram realizadas algumas modificações no modelo, como a redução para até 3.500 kg de peso bruto total e a capacidade de carga útil em 1.311kg.

O novo Citroën Jumper Cargo oferece conforto, tecnologia e TCO (Total Cost of Ownership ou, em português, Custo Total de Propriedade – é uma estimativa financeira projetada para avaliar os custos diretos e indiretos para manter determinado ativo). Disponível em versão única e na cor Branco Banquise, o furgão chega às lojas com preço sugerido de R$ 225.990.

Entre os itens de série destacam-se o ar-condicionado; Hill Assist; duplo airbag (inclusive para o passageiro); ESP (Controle de Estabilidade); abertura 270º da porta traseira e retrovisores elétricos. Além de computador de bordo e GSI (indicador de troca de marchas), tomada USB para carregamento de smartphone ou tablet, faróis com regulagem de altura de facho; vidros e travas elétricas, diversos porta objetos na cabine e porta luvas refrigerado, banco do motorista e volante com regulagem são mais alguns itens que facilitam a vida de quem passa o dia de um lado para outro no pesado trânsito dos centros urbanos brasileiros.

A regulagem de altura de banco e volante aliado a um posto de direção mais elevado e com a alavanca de troca de marchas situada no painel de instrumentos garantem um nível de ergonomia superior. Ao lado do banco do motorista, há um suporte de apoio para braços. Os assentos contam também com encostos para cabeça removíveis e reguláveis em altura. Tudo desenvolvido para minimizar o desgaste da jornada de trabalho.

Estes itens unidos ao suporte de mesa móvel ajustável tornam o interior do novo Citroën Jumper Cargo um verdadeiro escritório sobre rodas, facilitando na organização da rotina com documentos e anotações, assegurando mais agilidade para finalizar as tarefas.

Outro diferencial do novo Citroën Jumper Cargo são os porta-objetos. Abundantes e com grande capacidade de armazenamento, os espaços disponíveis são voltados para guardar pequenos objetos e vão desde um porta-luvas fechado com chave, passando pelos porta-objetos instalados no console central, até dois espaços acessíveis embaixo dos assentos.

O console central também está equipado com uma tomada de 12V e uma entrada USB muito bem-posicionadas para carregar smartphone, GPS ou mesmo um notebook ou tablet.

Toda a sua arquitetura de compartimento de carga do modelo foi desenvolvida para privilegiar a proporção volume útil/gabarito, o que proporciona uma grande vantagem no dia a dia. A porta lateral deslizante, com 1.562 mm, permite acesso fácil ao compartimento e a colocação de materiais por meio de empilhadeiras. Já as portas traseiras, com abertura de até 270º, facilitam o carregamento e os movimentos ao redor do furgão.

Para completar, a distância entre caixas de roda de 1.422 mm e a largura interior máxima de 1.870 mm fazem do novo Citroën Jumper Cargo um veículo que se adapta facilmente a qualquer utilização, ideal para transportar todo tipo de mercadorias e grandes cargas.

O novo Citroën Jumper Cargo vem com o conhecido e premiado motor 2.0 Turbo Diesel BlueHDi, de 130 cv a 3.500 rpm e um torque máximo de 34,7 kgfm a 1.750 rpm. O propulsor está associado à embreagem com comando hidráulico, que proporciona a manutenção da carga de acionamento do pedal e um menor custo de manutenção. A caixa de câmbio manual com seis velocidades (ML6C), foi desenvolvida e totalmente adaptada para as condições brasileiras.

Em questão de segurança e estabilidade na rodagem, o utilitário dispõe de equipamentos como o ESP (Eletronic Stability Program), que atua sobre a estabilidade do veículo e que inclui as funções do ASR (antipatinagem) e o Hill Assist (assistente de partida em rampa).

O furgão ainda é equipado com suspensão dianteira independente tipo Pseudo McPherson, com molas helicoidais, amortecedores hidráulicos e barra estabilizadora, enquanto a traseira é composta por um eixo rígido com molas semielípticas e amortecedores hidráulicos. Disponível em versão única e na cor Branco Banquise, o Citroën Jumper Cargo tem garantia de um ano ou 100 mil km.

Peugeot apresenta Boxer Cargo

Dando continuidade à sua ofensiva VUL (Veículo Utilitário Leve), a Peugeot apresenta a nova versão do Boxer: Cargo. Com PBT (Peso Bruto Total) de 3.500 kg, a Boxer Cargo está apta a ser conduzida por motoristas habilitados com CNH (Carteira Nacional de Habilitação) Categoria B – a mais comum.

A Categoria B é a concedida para a imensa maioria dos motoristas. A categorização da Boxer Cargo como automóvel também a isenta de zonas de restrição de circulação de veículos pesados, cada vez mais comuns nos centros urbanos. Essas possibilidades permitem que, por exemplo, microempresários otimizem sua logística ao mesmo tempo que viabiliza a contratação de funcionários sem CNH de categorias superiores.

A distância entre caixas de roda de 1.422 mm e a largura interior máxima de 1.870 mm asseguram uma ampla diversidade e versatilidade de utilização de cargas. A porta lateral deslizante conta com 1.562 mm e garante acesso fácil ao compartimento de carga e a colocação de materiais até mesma com a utilização de empilhadeiras. As portas traseiras têm abertura de até 270º, característica que possibilita uma movimentação tranquila ao redor do veículo.

Os assentos são equipados com encostos para cabeça removíveis e reguláveis em altura, assim como um apoio de braço, e, para o banco do condutor, regulagem específica para a lombar. Para a posição do condutor, o painel elevado traz maior conforto e praticidade e deixa todos os comandos, alertas e indicadores em uma posição de fácil visualização e acesso. O motorista ainda encontrará um descanso de braço do seu lado direito, equipamento que ajuda a minimizar o desgaste gerado pelas longas jornadas no trânsito intenso.

Em questão de praticidade, a versão dispõe de 10 porta objetos instalados por toda a cabine, com destaque para o porta-luvas fechado com chave. Há também um segundo porta-luvas sem chave, além dos porta-objetos situados no console central e nas portas. Há ainda um avantajado espaço, com capacidade para até 22 litros de volume útil, na parte superior da cabine. Ele está estrategicamente localizado e privilegia a descrição em relação a quem está do lado de fora do veículo, primando pela segurança das cargas condicionadas no local.

O painel conta com duas tomadas ao centro, uma de 12V e outra USB, além de botões de travamento de portas independentes, ar-condicionado e ventilação. Acima, o veículo oferece uma presilha que permite transformar o console do furgão em uma prática escrivaninha, que se mantém sempre ao alcance dos olhos e das mãos do motorista.

O motor 2.0 Turbo Diesel BlueHDi de 130 cv e 34,7 kgfm é um sinônimo de robustez, confiabilidade e, por consequência, de baixo custo de manutenção. Econômico, trabalha atrelado a uma caixa de câmbio manual de seis marchas de funcionamento suave e igualmente confiável. Na prática, o conjunto motor/câmbio atende às exigências com total desenvoltura, não importando o que se transporte no compartimento de carga com volume de 13m³.

A suspensão – dianteira independente é tipo Pseudo McPherson, com molas helicoidais, amortecedores hidráulicos e barra estabilizadora, enquanto a traseira é composta por um eixo rígido com molas semielípticas e amortecedores hidráulicos – tem acerto primoroso e garante estabilidade sem comprometer o conforto de rodagem e a segurança para os ocupantes e até para as cargas mais frágeis, não importando a condição de rodagem: vazio ou carregado..

Os freios são igualmente bem calibrados. Com discos ventilados na dianteira e sólidos na traseira, a nova Boxer Cargo entrega segurança mesmo transportando os seus 1.311 kg de carga máxima.

A nova versão, assim como em toda a linhas Boxer, se destaca dos concorrentes por ser um veículo completo nos quesitos de tecnologia e itens de série presentes como ar-condicionado; assistência de partida em rampa; duplo airbag (inclusive para o passageiro); ESP (Controle de Estabilidade); abertura 270º da porta traseira e retrovisores elétricos, computador de bordo e GSI (indicador de troca de marchas), faróis com regulagem de altura de facho; vidros e travas elétricas, porta luvas refrigerado, travamento seletivo do compartimento de carga, banco do motorista e volante com regulagem.

A nova Boxer Cargo já está disponível na rede PEUGEOT, com preço sugerido de R$ 225.990.

Fontes: CITROËN DO BRASIL | RELAÇÕES PÚBLICAS E IMPRENSA / PEUGEOT Press website

 

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo