Day by DayNotícias

Day by Day – Renault Sandero RS Racing Spirit (4º dia)

Hoje foi um dia de muito trânsito. Tanto no caminho para o trabalho quanto a volta estavam bem engarrafados, assim como o trajeto que usei para resolver alguns compromissos durante a noite. Tão logo o trânsito para, o pé esquerdo começa a pagar o preço de uma transmissão manual. Fato que a caixa manual close-ratio do Sandero RS combina com sua proposta esportiva, mas deixa a desejar no quesito conforto.

Mas deixando o pé esquerdo de lado, hoje foi dia de aproveitar a vida no interior do carro por longos períodos. A começar pelos bancos, que ilustram a chamada dessa postagem. Os bancos são exclusivos do Sandero RS, contam com padronagem exclusiva e formato único, com pronunciadas abas laterais para segurar o corpo nas curvas. Os bancos são bem confortáveis, embora falte um pouco de apoio lombar, mas tratam bem corpos de qualquer volume. Esse detalhe do RS faz lembrar o tempo em que o VW Gol GTI trazia bancos Recaro.

No banco traseiro há um pouco menos de espaço do que nos Sandero convencionais, devido aos bancos dianteiros mais encorpados. De qualquer forma, há bastante espaço para adultos. O banco traseiro não possui alterações, e não é bipartido, o que dificulta um pouco o transporte de cargas maiores. Por falar em carga, cabem 320 litros em seu porta-malas, um ótimo número para um compacto.

Distância percorrida: 119 km

Consumo médio (Etanol): 7,6 km/l

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo