MotosNotícias

Contos – Maktub

Foto: Arquivo Pessoal Bruno G. Santos

Era quase sete horas da manhã, a luz da aurora refletia sobre a janela do meu quarto e a sensação de liberdade invadia meu corpo como o sangue correndo nas veias. Deste dia em diante o anseio pela aventura me despertava, “ela” me chamava como uma sereia cantando a mais bela canção ao seduzir sua presa. Seu visual atraente, com motor preto em detalhes na cor prata e cromada, juntamente com seu duplo escamento e as rodas com 13 raios em liga de alumínio e aro 19 na dianteira e 16 na traseira, instigava meu anseio pela inestimável vontade de se sentir detentor de todo o poder. Bastava ouvir no meu inconsciente o barulho de seu motor e eu me levantava da cama, pronto para a labuta diária.

Ali, naquele exato momento eu previ a satisfação de ter adquirido minha Harley Davidson- Iron 883, meus sentidos eram estimulados e de alguma forma impulsionavam resultados positivos para o dia que amanhecia. Pronto! Eu estava pronto! A segunda feira podia vir quente. Eu já estava fervendo. Daquele dia em diante eu sabia que o antídoto para qualquer parada árdua que viesse pela frente, tem um motor dois cilindros Evolution V – Twin com 883 cm³ de cilindrada e é montado sobre coxins de borracha com transmissão de cinco marchas que prioriza torque e durabilidade. Eu tinha em minhas mãos a melhor forma de se chegar a qualquer parada e o percurso era pura adrenalina. É que nem remédio para depressão. Efeito imediato! A única diferença é que no meu caso não havia contra indicação nem tão pouco efeitos colaterais.

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo