CarrosNotícias

Confira a lista dos piores do ano nos testes de segurança

Primeiro foram os melhores, agora surgem para os piores nos testes do European New Car Assessment Program (EuroNCAP), o órgão independente encarregado de verificar a segurança de todos os novos modelos de automóveis lançados no mercado europeu.

A lista é dominada pela SsangYong, marca coreana não comercializada em alguns mercados europeus, com dois modelos como os piores: o mini SUV Tivoli e o crossover XLV. Em ambos os casos a versão base, sem equipamentos de segurança opcionais, obteve apenas três das cinco estrelas possíveis.

Por categoria, no capítulo dos sistemas eletrônicos de assistência foi onde obtiveram as piores notas. Já no teste de proteção dos ocupantes, aferido essencialmente através dos testes de colisão, ambos os modelos obtiveram uma pontuação de apenas 74%, o pior de todos os modelos analisados.

Pouco melhor conseguiu o Fiat Tipo, o terceiro modelo menos seguro de todos os lançados em 2016. Embora tenha conseguido uns mais aceitáveis 82% na proteção dos ocupantes em caso de impacto, o modelo italiano ficou-se pelos 60% (o valor mais fraco do ano) no capítulo da proteção de crianças a bordo.

Igualmente fraca (25%) é a pontuação que aborda os equipamentos de assistência disponíveis na versão de entrada.

Quem também não esteve bem foi a Suzuki, com dois modelos na lista: o Baleno e o Ignis. Tanto um como outro conseguiram mesmo ter pior nota que o Tipo na proteção dos ocupantes (80 e 79%, respetivamente), embora estejam melhor que o Fiat tanto na proteção de crianças como na proteção de peões.

A lista dos modelos com apenas três estrelas nos testes de 2016 fecha com a Toyota Hilux.

A introdução do pacote e segurança, em opção, em alguns modelos, permitiu-lhes alcançar as quatro estrelas. São eles os dois SsangYong, o Fiat Tipo e o Suzuki Baleno. Com quatro estrelas ficou também o Kia Niro.

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo