CarrosNotícias

Como a Ford se tornou líder em mídias sociais

Em evento realizado na BU – Universidade de Boston, para a discussão das experiências no mundo da interação social em tempo real, o principal palestrante foi Scott Monty, gerente de comunicação global da Ford Motor Company, também responsável pelas áreas digital e multimídia da companhia.

Entre os temas das palestras, apresentadas a líderes da indústria e da publicidade, destaque para a série “inovação na comunicação” com trabalhos que pretendem remodelar o campo da comunicação. Os oradores foram Ben Malbon, diretor da Creative Lab do Google e Gareth Kay, diretor de estratégia da agência de publicidade Goodby, Silverstein & Partners.

Para Scott Monty, “A melhor coisa que as empresas podem fazer é desempenhar um papel ativo nas comunidades on-line, trabalho que não pode ser visto como uma plataforma de publicidade”.

Quando Monty foi contratado pela Ford ele percebeu que os executivos da empresa, por muito tempo, tinham tratado a mídia social como um hobby e começou a induzi-los a levar a sério essa questão. Sua missão, na prática, foi construir uma cultura social dentro da equipe de comunicação da Ford.

O desafio era que a Ford Motor Company sabia que precisava encontrar uma maneira de atingir os consumidores jovens, especialmente em 2009, quando redesenhou o Fiesta. Para muitos, seria o primeiro carro da vida e a empresa precisava fazer barulho com um projeto inovador de lançamento.

Assim, surgiu o concurso que escolheu 100 motoristas, entre milhares que se candidataram, para dirigir um Fiesta por um ano. A promoção era por conta da Ford e os motoristas não teriam custos com combustível, seguros e manutenção.

Nos veículos, foram instaladas câmaras de vídeo para registrar opiniões honestas dos condutores e seus acompanhantes sobre o carro. Surgiu dessa forma o Movimento Fiesta com uma campanha inédita que gerou enorme penetração nas mídias sociais, TV, anúncios impressos, debates etc. Foram registrados mais de um milhão e oitocentos mil fãs no Facebook e 206 mil seguidores na página do Twitter da empresa.

Como líder de esforços de mídia social da Ford, Monty foi classificado pela Forbes como um dos 10 melhores influenciadores nas mídias sociais, além da Ford ter sido aclamada como “a melhor mídia social corporativa do mundo” pelo blog social Media Explorer .

Seus depoimentos já percorreram quase todos os meios de comunicação, entre eles a Bloomberg TV, CNN, e NPR, além de destaque em inúmeras publicações, incluindo Harvard Business Review e Wall Street Journal .

Exemplo prático da força da mídia social

No ano de 2010, por exemplo, a Ford estava se preparando para lançar o Explorer 2011. A questão era como lançar um veículo que se reinventou e que precisava de uma reinvenção na forma de ser apresentado ao público. Seria muito convencional apenas colocá-lo num Salão do Automóvel, mesmo porque, provavelmente, seria um lançamento no meio de 40 outros e somente atingiria a imprensa automotiva.

Assim, pela primeira vez na história, um importante lançamento inovou sua forma de apresentação. Em julho de 2010, a Ford revelou o novo Explorer 2011 no Facebook. Essa plataforma permitiu que a empresa ocupasse todo o noticiário disponível, nos Estados Unidos, durante um dia de uma forma não tradicional que proporcionou um contato direto com mais de 100 milhões de pessoas nos canais sociais e cerca de 400 milhões de visitas na Web.

Hoje, quando você precisa se comunicar com as pessoas comuns e  com jovens adolescentes deve-se procurar onde elas estão para receber suas mensagens. E elas estão nas mídias sociais, no face, twitter etc.” conclui o executivo de comunicação da Ford.

Fonte: www.fordparatodos.com.br

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo