ColunasMecânica OnlineNotícias
Tendência

Coluna Mecânica Online | Lançamento do Pulse vai impulsionar renovação da Fiat

Você já observou a renovação que a marca Fiat realiza desde 2019? A construção teve início com uma nova logotipia e padrão visual da rede, juntamente com uma nova linha de produtos.
Em plena pandemia, no ano de 2020, a Fiat manteve seu principal lançamento: a renovação da picape Strada. Sucesso foi tão grande que o modelo continua com fila de espera.


Nesse ano de 2021 foi a vez de mexer na irmã mais nova e moderna, a Toro. Em paralelo a marca trouxe o seu veículo elétrico 500 e agora faz seu principal lançamento do ano, o Pulse, modelo que a marca destaca como um divisor de águas, que marca o início de renovação da marca Fiat.
O que já podemos afirmar é que a Fiat passou pelo crescimento, transformação e agora chega na consolidação do mercado nacional, com participação de 22,7% de market share até o mês de setembro. O crescimento em 2021 quando comparado com o mesmo período do ano passado aumentou em 7,0 pontos percentuais, a marca que mais cresce.
Apesar de todo esse crescimento, faltava um modelo da Fiat no segmento de maior participação de mercado, o de SUVs. Agora não falta mais.


O Pulse é o primeiro, o SUV compacto, ou B-SUV como gostam de chamar os especialistas, que entra numa fatia com a participação de 18 modelos em 2021 e 22,8% de presença entre os demais tipos de SUVs. É o mais desejado, é o mais concorrido. Quem poderia pensar quem em 2012 tínhamos apenas duas opções de SUVs?
A renovação do consumidor é também ponto de partida para a evolução das marcas e se revelam na forma como o Fiat Pulse passa a ser oferecido ao mercado:
Design – Uso de LED em faróis e lanternas, combinações de cores, altura em relação ao solo.
Performance – Motorização mais eficiente, turbo, ganho na potência e também no torque.
Segurança – Sistemas ativos e passivos, airbags, controle de estabilidade, frenagem automática de emergência, alerta de mudança de faixa, entre outros.
Tecnologias – Quadro de instrumentos digital configurável, ar-condicionado automático e digital, sistema de acesso ao veículo facilitado e boa qualidade do áudio.

Conectividade – Central multimídia, espelhamento do celular sem fio, carregador de celular sem fio.
O Pulse não é apenas um novo modelo que chega ao mercado, mas a afirmação da forma como o consumidor brasileiro gosta de ser tratado, ou melhor, conquistado. Não está fácil ganhar dinheiro no Brasil, ainda vivemos uma pandemia e o custo de vida vem subindo muito rapidamente.
Então, a compra de um novo veículo compreende vários fatores: atualização tecnológica, eficiência energética, desenvolvimento para o nosso mercado, custo de aquisição e manutenção, e principalmente, produção local. Esses fatores podem justificar o investimento na decisão entre esse ou outro veículo.
Algumas marcas querem vender o nome, outras preferem oferecer preço. Cabe ao consumidor buscar o equilíbrio conforme seja sua necessidade, o quanto está disposto a pagar e principalmente, receber por esse valor e como será o comportamento do seu produto ao passar do tempo.
E quando digo que a Fiat inicia sua evolução com o Pulse, é que o modelo adota diversas tecnologias totalmente desenvolvidas no Brasil nas áreas de suspensão, direção, carroceria e isolamento acústico e de vibrações. Com produção local, o Pulse é apenas o primeiro de uma evolução necessária na indústria automotiva brasileira.

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo