CarrosNotícias

Citroën C4 Cactus será lançado em setembro no Brasil

O Novo SUV Citroën C4 Cactus, modelo que será lançado no mercado brasileiro em setembro, foi desenvolvido a partir do programa Citroën Advanced Comfort® e baseado em uma experiência e um savoir-faire de quase 100 anos neste campo, o SUV C4 Cactus incorpora avanços tecnológicos a serviço de um conforto moderno e global.

O modelo apresenta:

– Um conforto dinâmico, por meio de um conjunto de suspensões calibrado para uma melhor absorção das irregularidades do piso. Baseado em um amplo desenvolvimento local, ele também assegura o compromisso entre conforto e agilidade de direção;

– Um conforto acústico e vibratório de melhor nível, que proporciona um verdadeiro isolamento da cabine, por meio de uma significativa redução de ruídos aerodinâmicos e de rolamento;

– Um universo interno exclusivo, que amplifica o conforto e a ergonomia. Destaque para o exclusivo painel de bordo, 100% digital; pela presença do Citroën Connect Radio, nova central multimídia com tela touchscreen de 7 polegadas, que se caracteriza pela facilidade de uso e tecnologias de conectividade – incluindo o Android Auto® e Apple Car Play® –, além de um novo e exclusivo volante com comandos integrados;

– A utilização de matérias-primas diferenciadas e aconchegantes, facilmente observadas nos revestimentos internos, como na área horizontal Soft Touch e demais regiões do painel de instrumentos, no revestimento dos bancos, no volante revestido em couro biton, e em toda combinação de cores no interior do SUV;

– Um espaço interno marcado pela habitabilidade, versatilidade e acessibilidade, fruto de uma distância entre eixos de 2.600 mm, que permite a cinco passageiros viajarem tranquilamente, assim como pela presença de porta-objetos úteis e práticos.

Uma nova dimensão de conforto que vai, enfim, permitir aos consumidores serem o centro de novas experiências, ligadas à essência de cada um.

Fonte: Citroën do Brasil

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo