CarrosNotícias

Chinês destrói Maserati Quattroporte em protesto contra a marca

Fotos: Divulgação

Os chineses tem formas bem diferente de protesto, como a destruição de veículos. Em 2011, um dono de um Laborghini Galardo destruiu totalmente o seu veículo esportivo por conta de problemas que ele teve em seu motor, que deixou de funcionar após seis meses de compra do veículo.

Agora, um proprietário de uma Maserati Quattroporte descontou a sua revolta dando marteladas em seu veículo. De acordo com informações fornecidas pelo site Car News China, esse fato aconteceu ontem (14), em Qingdao, cidade localizada na província de Shandong, na China.

O dia escolhido foi também o do início do Salão de Qingdao, e o veículo depredado foi colocado estrategicamente dentro de um pavilhão do evento. O dono do sedã, identificado apenas como Wang, se queixou da Maserati China, da concessionária local e da companhia de seguros.

Ele disse que seus direitos de consumidor foram violados pelo fato de uma peça quebrada do carro ter sido substituída por uma usada e ainda foi cobrado por esse erro. A companhia de seguros apoiou a atitude da concessionária, o que deixou Wang furioso.

Os vidros da Maserarti Quattrporte foram destruídos a marteladas, que atingiram também o capô do veículo, porém ele não foi depredado por completo, e ainda saiu desse episódio melhor do que a Gallardo destruída há dois anos.

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo