CarrosNotícias
Tendência

BMW Série 1 2020 estreia no Brasil a partir de R$ 174.950

Modelo é equipado com motor de tricilíndrico, movido a gasolina, com 140cv e 220Nm.

A terceira geração do BMW Série 1, um dos mais esportivos hatches do segmento premium já pode ser adquirido na rede de concessionárias da marca no país. Ágil, descolado, tecnológico e sofisticado, dotado de um design amplamente renovado e equipado com os mais recentes recursos de conectividade, o novo Série 1 é um autêntico BMW definido por um caráter inovador e vigoroso. Produzido nas fábricas do BMW Group em Leipzig e Regensburg, ambas na Alemanha, a nova geração do hatch de cinco portas chega ao mercado brasileiro a partir de R$ 174.950, na versão 118i Sport GP. Além de contar com condições de financiamento atrativas, durante o mês de novembro, os clientes que adquirirem este modelo com a BMW Serviços Financeiros ganharão o programa de manutenção BMW Service Inclusive (BSI) por 3 anos ou 40.000 quilômetros, prevalecendo o que ocorrer primeiro.

O uso inteligente do alumínio no capô e na tampa traseira, combinado com aço de alta resistência, possibilitou à BMW reduzir em até 30 quilos o peso do novo BMW Série 1, em comparação ao antecessor. Ao mesmo tempo, aumentou ainda mais a rigidez à torção do chassi. Elementos de reforço, como a coluna em forma de bumerangue na parte traseira do veículo, contribuíram para esse atributo.

Um chassi extremamente avançado, munido de recursos inovadores e totalmente integrado aos principais componentes dinâmicos, proporciona ao novo BMW Série 1 uma agilidade invejável. E essa agilidade poderá ser nitidamente notada pelos motoristas neste hatchback de tração dianteira. Aliado a tudo isso está um processo de desenvolvimento tecnológico que serviu para transferir ao novo BMW Série 1 toda a expertise adquirida pelo BMW Group referente à tecnologia de tração dianteira. O resultado é uma precisão dinâmica sem precedentes e que estabelece novos padrões dentro do segmento premium.

Um fator importante neste processo de aprimoramento da experiência de dirigir é a tecnologia ARB (sigla para limitador de deslizamento das rodas, em inglês), desenvolvida primordialmente para o compacto premium elétrico BMW i3. Este dispositivo, que faz sua estreia em um modelo equipado com motor a combustão, neste caso o BMW 118i, percebe antecipadamente a possibilidade de as rodas derraparem, passando a controlar a distribuição de torque para as rodas, evitando o deslizamento de maneira muito mais precisa e rápida que antes. O fato de o ARB estar instalado diretamente na unidade de gerenciamento eletrônico do motor faz com que sua atuação seja três vezes mais rápida permitindo uma ação até 10 vezes mais veloz que a percepção do motorista.

A nova arquitetura da tração dianteira reflete-se nas novas proporções e linhas fluidas e estilizadas do novo BMW Série 1. O capô, mais curto, funde-se com o para-brisa, enquanto a longa linha do teto cai levemente na direção da traseira do carro. Já a ampla traseira e uma linha de ombros atlética, situada sobre os arcos das rodas, enfatizam uma presença poderosa e esportiva. Ao mesmo tempo, a carroceria oferece significativamente mais espaço, embora as dimensões sejam praticamente idênticas às do BMW Série 1 anterior. E essa característica torna o hatch premium ainda mais versátil no uso diário. Com 4,319 metros de comprimento, a nova geração é 5 milímetros mais curta que seu antecessor. Em termos de largura, agora com 1,799 m, o novo modelo cresceu 34 mm, enquanto a altura, de 1,434 m, aumentou 13 mm. A distância entre-eixos de 2,670 m, por sua vez, é 20 mm mais curta que a da geração anterior.

Fonte: Comunicação Corporativa BMW Group Brasil

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo