CarrosNotícias

BMW revela nova geração da Série 3 Touring

As station wagon estão quase extintas no Brasil, mas na Europa ainda fazem muito sucesso, e não é por outro motivo que as fabricantes alemãs sempre apresentam variações desse tipo em seus lançamentos.

A BMW apresentou a versão Touring do Série 3 – seu modelo mais vendido. Para se ter uma ideia da popularidade desses modelos, na Alemanha a participação no mix de vendas de modelos Touring na linha Série 3 chega a 60%.

O BMW Série 3 Touring promete a mesma diversão ao dirigir do modelo sedã, porém com a praticidade e espaço da station. Da mesma forma que o sedã, o Touring ficou mais leve, embora maior e com mais rigidez estrutural. Em números, o novo Touring pesa em média 10 Kg a menos que seu predecessor.

O porta-malas aumentou nominalmente apenas cinco litros. Entretanto, o ganho volumétrico quando se soma o compartimento oculto chega a 32 litros. Dos dois compartimentos no piso de carga, um dos compartimentos de carga e a rede de separação agora se encaixam perfeitamente e sem ruído. O porta-malas em si é 11,2 cm mais largo. A porta traseira em si continua a ser aberta eletricamente.

Os motores do 3 Series Touring são conhecidos do sedan. Haveria ainda uma versão plug-in híbrido do 330e, a partir de 2020. O sistema híbrido consiste no motor a gasolina de quatro cilindros de 2.0 litros do 320i(184 cv) e um motor elétrico (109 cv) na transmissão automática de 8 velocidades. O desempenho do sistema aumenta no novo modo XtraBoost até 292 cv, 40 cv mais do que o normal (por um máximo de 10 segundos).

Isso acelera o BMW 330e Touring de zero a 100 km / h em 6,1 segundos. O consumo de combustível combinado deve entre 43 Km/l e 55 km/l. O consumo de eletricidade deve estar entre 15,7 e 16,3 kWh por 100 quilômetros. A autonomia elétrica do 330e é de até 66 quilômetros.

O equipamento de série BMW aumentou ligeiramente: faróis e lanternas traseiras de LED, rodas de 17 em vez de rodas de 16 polegadas, encostos de cabeça dobráveis, volante de couro, vidro acústico e barras de teto.

Os preços ficaram mais em conta. O 318d (150 cv – EUR 39.400) é agora 200 euros mais barato, o 320d (190 cv – EUR 42.000) caiu 150 euros, mas o 330i (265 cv – EUR 53.200) ficou 1.000 euros mais caro. E haverá ainda o M340i XDrive, com tração integral.

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo