AvaliaçõesTestesVW

Avaliação – Volkswagen Virtus 200 TSI Highline Aut. Flex 2019

Fotos: Marcus Lauria

Eu gosto quando isso acontece: tive a oportunidade de testar duas versões diferentes de um mesmo carro. Debaixo do capô tudo igual, bem como na mecânica e nos artefatos eletrônicos. Do lado de dentro, algumas poucas diferenças, que falarei logo a seguir mas, de todos os detalhes que diferenciam uma versão da outra, nada me surpreendeu tanto quanto a diferença entre os pneus.

O Virtus Comfortline que testei vinha equipado com pneus Goodyear 195/55 R16 e era bom tanto em curvas quanto em frenagens, mas pecava um pouco no conforto. Já essa versão Highline trazia os pneus Dunlop 205/50 R17, e na minha opinião, o carro mudou muito. As frenagens são mais eficientes, a aptidão para curvas é ainda mais extrema e dois itens me surpreenderam: o baixo nível de ruído de rolagem e o conforto, mesmo se tratando de um pneu perfil 50. Esse definitivamente é um opcional que eu pagaria por ele.

Exteriormente apenas alguns cromados (e as rodas maiores, caso equipadas) diferem o Virtus HIghline de suas versões mais simples. É um conjunto harmonioso, que muita gente ainda confunde com carros maiores da VW, como o Jetta. Seu nível de equipamentos é invejável, especialmente nos recursos de segurança ativa, como os freios a disco nas quatro rodas, bloqueio eletrônico do diferencial, controles de tração e estabilidade e até mesmo um sistema que aproxima as pastilhas dos discos em caso de chuva, secando o conjunto e melhorando as frenagens.

Do lado de dentro, as principais diferenças dessa versão Highline plenamente equipada é o Active Info Display, ou seja, o cluster totalmente digital, que permite inúmeras combinações entre mostradores, GPS e computador de bordo. É tão útil e prático que os Polo e Virtus sem esse opcional parecem uma geração mais velhos. E, combinado ao clister digital, o carro traz também uma central multimídia com tela maior, que facilita o uso e a visualização dos recursos.

A posição de dirigir é excelente, mas o carro carece de bancos melhores, pois praticamente não existe apoio lombar, e as costas saem doloridas de uma viagem longa. Há espaço generoso para cinco adultos, com uma pequena restrição para a cabeça de quem viaja atrás. No porta-malas viajam bons 521 litros, e há rede de fixação de bagagem e divisórias, melhorando a utilização do espaço de bagagem.

Debaixo do capô está o excelente motor 1.0 turbo que rende até 128 cv de potência e 20,4 kgfm de torque. É torque de motor 2.0, orquestrado por um câmbio automático bem afiado, e esse conjunto deixa o carro bem ágil, tanto na cidade quanto na estrada. E a sexta marcha longa permite que o Virtus rode em ritmo de cruzeiro com rotações sempre abaixo dos 3.000 rpm, e com aquela sensação de estar mais devagar do que realmente está.

No geral, é um bom carro, aliás, é um ótimo carro. Seu problema é o preço que chega perto de 90.000 reais, e por sua vez aproxima demais o carro da categoria de cima, aonde há carros mais potentes, com melhor acabamento e mais presença. Essa versão parte de R$ 77.590,00.

*FICHA TÉCNICA:

Mecânica

Motorização 1.0

Combustível             Álcool            Gasolina

Potência (cv)            128     116

Torque (kgf.m)         20,4    20,4

Velocidade Máxima (km/h)           194     187

Tempo 0-100 (s)      9,6     

Consumo cidade (km/l)      7,8      11,2

Consumo estrada (km/l)    10,2    14,6

Câmbio          automática de 6 marchas

Tração           dianteira

Direção          elétrica

Suspensão dianteira          Suspensão tipo McPherson e dianteira com barra estabilizadora, roda tipo independente e molas helicoidal.

Suspensão traseira            Suspensão tipo eixo de torção, roda tipo semi-independente e molas helicoidal.

Freios            Quatro freios à disco com dois discos ventilados.

Dimensões

Altura (mm)   1.472

Largura (mm)           1.751

Comprimento (mm)             4.482

Tanque (L)    40

Entre-eixos (mm)     2.651

Porta-Malas (L)        521

Ocupantes    5

*Dados do fabricante

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo