AvaliaçõesVW
Tendência

Avaliação – Volkswagen Virtus 1.4 250 TSI GTS Aut. 2021

Com seu motor virtuoso, sedan da Volkswagen é para quem gosta de acelerar

Fotos Marcus Lauria

Após apresentação no Salão Internacional do Automóvel de São Paulo de 2018, ainda como protótipo, a Volkswagen revelou oficialmente os tão esperados Polo e Virtus GTS, modelos que trazem em seu DNA a  tradição da marca no Mundo – trazendo à tona o saudosismo dos aficionados pela linha esportiva que fez sucesso no mercado brasileiro nas décadas de 1980 e 1990. Os modelos fazem sua estreia na celebração dos 60 anos da Fábrica Anchieta, em São Bernardo do Campo (SP), onde são produzidos.

Polo GTS e Virtus GTS são os primeiros veículos esportivos desenvolvidos no Brasil sobre a Estratégia Modular MQB. Há várias diferenças no visual em relação ao Polo e ao Virtus Comfortline e Highline, por exemplo. Na dianteira, são novos os faróis full LED, que têm identidade visual diferenciada; novo para-choque, mais imponente; a grade do radiador tipo colmeia com o logo “GTS” e um filete vermelho que liga os dois faróis – características marcantes nos veículos “GT” da Volkswagen em todo o mundo.

No Virtus GTS o defletor traseiro também é preto só que, em vez de ficar sobre o vigia, fica sobre a tampa do porta-malas. No Polo GTS a saída de escapamento é dupla.

Internamente, os modelos contam com o painel digital (Active Info Display) com iluminação em vermelho. Além disso, toda a cabine é escurecida: teto, bancos, laterais de porta e painel. O volante é exclusivo, com acabamento de couro e costuras vermelhas, além de ter a sigla “GTS” na haste da base, a empunhadura dele é na medida certa, deixando o motorista com “ar de piloto”.

O mesmo tom de vermelho dá acabamento às molduras da saída de ar e da base da alavanca de câmbio. Tapetes e bancos também têm detalhes em vermelho que fazem a diferença no acabamento.

Os bancos são exclusivos dos modelos, mais esportivos e bem confortáveis. O encosto de cabeça é integrado ao banco, que é forrado com tecido inédito, mesclado com couro, com linhas horizontais inspiradas nos modelos da década de 1980 e com a inscrição “GTS”. O ótimo acabamento e a medida certa da espuma deixam o motorista bem confortável e em trajetos mais longos não se sente nenhum desconforto.

Avaliamos por uma semana o Virtus GTS e a diversão foi garantida o tempo em que esteve com a gente. Equipado com o motor 1.4 TSI produzido pela Volkswagen na Fábrica de São Carlos (SP), que desenvolve potência de 150 cv (etanol ou gasolina) e um torque máximo de 250 Nm (25,5 kgfm), independentemente da mistura de combustível. Esse motor está combinado ao câmbio automático de seis marchas AQ250 (o mesmo do Jetta, mas com pegada mais esportiva). O conjunto exibe excelente desempenho, economia e conforto. Usado exaustivamente todos os dias do teste, o propulsor pôde ser avaliado em subidas de serras, ruas com asfalto liso, esburacados, no trânsito pesado e passou no teste em todos os requisitos.

Saídas de semáforos são um dos pontos positivos do sedan apimentado, ele logo se destaca entre os que ficam para trás. Ultrapassagens são uma diversão a parte desse modelo, basta pisar um pouco mais fundo para conseguir o objetivo de sair na frente de todos (mas sempre com segurança). A suspensão é outro destaque, apesar de ser um sedan, o modelo se comporta quase como um hot hatch, amortecedores firmes e silenciosos deixam o modelo ainda mais agradável de “pilotar”, além de contornar as curvas como se estivesse em trilhos. Enfim, é diversão o tempo todo para quem gosta de dirigir.

A lista de equipamentos dos modelos é extensa e inclui itens como o painel totalmente digital (Active Info Display), sistema de som Beats e o XDS+ (bloqueio eletrônico do diferencial), que integra o ESC – Controle eletrônico de estabilidade (item de série).

O XDS+ melhora o comportamento dinâmico do carro. Esse sistema aumenta a agilidade e diminui a necessidade de movimentação do volante por meio de intervenções seletivas nos freios das rodas internas às curvas nos dois eixos e permitindo uma transferência do torque disponível do motor para as rodas externas. O XDS+ funciona com quaisquer condições de aderência do piso. Isso resulta em dirigibilidade precisa, com mais tração e agilidade nas curvas.

O Virtus GTS conta ainda com o “Seletor do perfil de condução”, para o motorista ajustar a experiência de direção entre os modos “normal”, “ecológico”, “esportivo” ou “individual”. No modo esportivo é acionado o atuador sonoro, outro item exclusivo, que amplifica a experiência esportiva ao volante e entrega mais prazer ao dirigir.

O três volumes chega às lojas a partir de R$ 104.940. O sedã está disponível em cinco cores: preto ninja, sem custo e branco cristal (R$ 490), que são sólidas. Cinza platinum, prata sirius ou azul biscay saem a R$ 1.570. A única cor disponível no Polo GTS e que não tem para o Virtus GTS é o vermelho tornado sólido.

O único opcional é o pacote ‘Beats sound’, que custa R$ 2.160. Ele traz o sistema de ajuste do espaço do porta-malas, rede de porta-malas e o sistema de som Beats, com quatro alto falantes, dois tweeters, amplificador e subwoofer. Com os extras do opcional e da pintura, o valor chega a R$ 108.670.

*FICHA TÉCNICA:

Mecânica

Motorização 1.4

Combustível             Álcool            Gasolina

Potência (cv)            150     150

Torque (kgf.m)         25,5    25,5

Velocidade Máxima (km/h)           207     210

Tempo 0-100 (s)      8,4

Câmbio          automática com modo manual de 6 marchas

Tração           dianteira

Direção          elétrica

Suspensão dianteira          Suspensão tipo McPherson e dianteira com barra estabilizadora, roda tipo independente e molas helicoidal.

Suspensão traseira            Suspensão tipo eixo de torção, roda tipo semi-independente e molas helicoidal.

Dimensões

Altura (mm)   1.472

Largura (mm)           1.751

Comprimento (mm)             4.482

Peso (Kg)      1.192

Tanque (L)    52

Entre-eixos (mm)     2.651

Porta-Malas (L)        521

Ocupantes    5

*Dados do fabricante

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo