AvaliaçõesTestesToyota

Avaliação – Toyota Etios Sedan X Plus 1.5 Flex 2019

À venda desde março do ano passado, a linha 2019 do Toyota Etios chegou ao mercado brasileiro com novidades importantes. O modelo que chega ao sexto ano de vida no País (desde setembro de 2012) vem evoluindo a cada ano com mudanças importantes. Toda a linha, com exceção da versão X-STD, foi reforçada com os sistemas de controle de estabilidade (VSC), assistente de arranque em subida (HAC) e controle de tração (TRC). No quesito design e estilo, a moldura da grade central recebeu fino retoque na cor preta, a fim de harmonizar com o novo revestimento dos faróis e lanternas, com máscara negra.

A marca nos cedeu por uma semana a versão X-Plus, que de acordo com a fabricante, a gama foi reposicionada para atender as atuais necessidades de seus clientes. As configurações centrais X, X-Plus, que substitui a XS, e XLS receberam novos itens de série. Além dessas novas versões a linha 2019 inseriu, ainda, uma versão exclusiva para vendas corporativas, a X-STD M/T. O Platinum mantém sua posição como topo de linha, enquanto o aventureiro Cross deixará de ser produzido. O Etios seguirá, portanto, com cinco versões disponíveis para o mercado, tanto na carroceria hatchback quanto sedã.

Um dos modelos mais vendidos da marca no País, o Etios superou a marca de 70 mil unidades (somando as carrocerias hatch e sedã). Em 2017, as vendas ultrapassaram as 40 mil unidades, na soma de todos os destinos: Argentina, Paraguai, Uruguai, Peru, Costa Rica e Honduras, fazendo com que a fábrica de Sorocaba, onde o veículo é produzido, operasse acima da sua capacidade nominal, de 108 mil unidades por ano.

Na lista de aprimoramentos da X-Plus, em relação à anterior XS, foram incluídas rodas de liga leve aro 15 polegadas e luzes de setas nos espelhos retrovisores. A principal mudança estética é aparente ao observar o seu desenho frontal: do X até o Platinum, a moldura que envolve a grade central ganhou retoque na cor preta e amplifica a área do emblema, que faz uma combinação com a máscara negra, que passará a cobrir faróis e lanternas do veículo.

Na parte interna, o painel mantém o visual repaginado, com instrumentos digitais e molduras brilhantes em tons escuros, que já foi uma grande evolução em relação ao antigo. As saídas de ar e a abertura do porta-luvas têm formato diferente. A tampa do compartimento poderia ter recebido um acabamento melhor, já que a parte superior é cortante. O black piano do painel central parece ter glitter, nada comum em um automóvel de entrada.

 

Espaço para os ocupantes não falta, o sedã leva três pessoas com conforto na segunda fileira. O assoalho é quase plano e sobra espaço vertical e para os joelhos. Tem cinto de três pontos e apoios de cabeça para todos os passageiros, além de Isofix (sistema de fixação para cadeirinha infantil) de série. O porta-malas é um dos maiores da categoria com 562 litros, segundo a montadora.

A versão avaliada conta com os seguintes itens de conforto e conveniência: direção eletroassistida progressiva (EPS); ar-condicionado; abertura interna do porta-malas, no sedã, e abertura elétrico, no hatch; chave com comando de abertura e fechamento das quatro portas; console central com dois porta-copos dianteiros e um traseiro; para-sol com espelho de cortesia para motorista e passageiro; alarme de advertência para portas abertas, chave na ignição e cinto de segurança; vidros dianteiros e traseiros com acionamento elétrico, sendo o do motorista com função auto-down; travas elétricas; entre outros itens de conforto, conveniência e segurança, além dos obrigatórios airbag duplo dianteiro e freios com sistema ABS de última geração. A versão X reúne todos os itens dispon& iacute;veis na X-STD e acrescenta as modificações do design com faróis em máscara negra e moldura da grade frontal na cor preta.

Além de: sistema de áudio que reproduz arquivos de MP3 com função Bluetooth® e entradas auxiliar e USB; controle de velocidade de cruzeiro (versão automática); controle de áudio e do computador de bordo no volante; difusores do ar-condicionado e base da manopla da alavanca da transmissão cromados; abertura do porta-malas por meio de um botão; bancos com tecido em duas cores; descansa-braços no assento do motorista (somente na versão automática); alto-falantes e tweeters; além da função EcoWallet no computador de bordo, que permite ao motorista colocar o valor pago pelo litro do combustível, possibilitando o cálculo e o monitoramento do valor gasto durante uma viagem; rodas de liga leve de 15 polegadas e luz de setas nos retrovisores externos.

Na linha 2019, os equipamentos de segurança como: encosto de cabeça, cinto de segurança de três pontos para o passageiro central do banco traseiro e sistema de ancoragem de cadeiras de crianças ISOFIX são padrão. O reforço é garantido ao trazer, em todas as versões, airbag frontal duplo e freios ABS com distribuição eletrônica de frenagem (EBD), assegurando o controle direcional em frenagens de emergência.

A versão avaliada é empurrada por um motor de 1.5 litros, 16V Flexfuel, produzido na planta de motores da Toyota, na cidade de Porto Feliz (SP) tem 107/102 cv a 5.600 rpm e 14,4 kgfm. O propulsor traz a tecnologia de duplo comando de válvulas variável Dual VVT-i, que atua no gerenciamento dos sistemas de admissão e escape da câmara de combustão, otimizando a queima do combustível de maneira inteligente, refletindo em melhor desempenho e menor consumo. As trocas são suaves e precisas, não transmitem tranco e as acelerações são contínuas em sem delay. As retomadas são muito boas, deixando o motorista bem à vontade para fazer ultrapassagens mais ousadas. A suspensão tem um dos melhores acertos da classe, a direção elétrica é leve e precisa.

A Toyota simplificou o número de cores disponíveis para o Etios 2019. Estão disponíveis as cores prata, branco pérola e sólida, preto, cinza e soma, ainda, nova cor super vermelho. A versão avaliada X-Plus 1.5L 16V parte de R$ 58.790 (câmbio manual) e R$ 63.990 com câmbio automático.

*FICHA TÉCNICA:

Mecânica

Motorização 1.5

Combustível             Álcool            Gasolina

Potência (cv)            107     102

Torque (kgf.m)         14,68 14,28

Velocidade Máxima (km/h)           186    

Tempo 0-100 (s)      11,3   

Consumo cidade (km/l)      8,5      12,5

Consumo estrada (km/l)    10,3    15

Câmbio          manual de 6 marchas

Tração           dianteira

Direção          elétrica

Suspensão dianteira          Suspensão tipo McPherson e dianteira com barra estabilizadora, roda tipo independente e molas helicoidal.

Suspensão traseira            Suspensão tipo eixo de torção, roda tipo semi-independente e molas helicoidal.

Freios            Dois freios à disco com dois discos ventilados.

Dimensões

Altura (mm)   1.510

Largura (mm)           1.695

Comprimento (mm)             4.369

Peso (Kg)      1.019

Tanque (L)    45

Entre-eixos (mm)     2.550

Porta-Malas (L)        562

Ocupantes    5

*Dados do fabricante

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo