AvaliaçõesNotíciasTestesToyota
Tendência

Avaliação – Toyota Corolla Altis Premium Hybrid 2020

Nova geração do sedã da Toyota adota nova plataforma e traz a eficiência do sistema híbrido com três motores

Fotos Marcus Lauria

A 12ª geração do Toyota Corolla chegou fazendo muito alarde, como a concorrência é grande, as mudanças sempre estão a favor de quem chama mais atenção primeiro. Produzido em Indaiatuba (SP), o Corolla 2020 foi lançado no dia 12 de setembro de 2019 com a estreia de uma nova plataforma e um novo motor e transmissão. O modelo também ganha o título de ser o primeiro híbrido flex do mundo.

Produzido a mais de 50 anos, o Corolla é vendido em 15 locais diferentes e vendido em mais de 150 países. O Corolla já vendeu mais de 45 milhões de unidades desde 1966, ano de sua estreia. No Brasil, o modelo é líder de seu segmento há cinco anos consecutivos e se manteve por muito tempo no ranking dos 10 veículos mais vendidos do País.

A Toyota do Brasil investiu R$ 1 bilhão em sua unidade fabril de Indaiatuba, que já produziu mais de 1 milhão de Corollas desde que foi inaugurada em 1998. A partir de agora, a fábrica está apta a produzir o modelo que chega em uma nova plataforma GA-C, baseada na filosofia TNGA. Além disso, a unidade fabril de motores de Porto Feliz também passa a produzir o novo motor flex 2.0L Dynamic Force, a partir de um investimento de R$ 600 milhões.

Disponível no Brasil exclusivamente na versão sedã, o Corolla conta com duas opções de motores: 2.0L Dynamic Force flex com transmissão Direct Shift de 10 marchas e injeção direta, e o inédito sistema híbrido que combina três motores, dois elétricos e um a combustão flexfuel, que faz dele o carro movido a etanol mais eficiente do Brasil, segundo a própria marca.

No caso do nosso teste a Toyota nos cedeu por uma semana a versão topo de linha Altis Premium Hybrid. Por fora o sedã médio japonês chega com um desenho externo completamente renovado. Com sua nova plataforma, o Corolla passa a ter um centro de gravidade mais baixo (-10mm), o que contribuiu para uma silhueta mais aerodinâmica e maior fluidez em suas linhas, afirma a marca.

Com relação às dimensões gerais, o modelo possui 4.630 mm de comprimento (+10 mm em relação à geração anterior), 1.780 mm de largura (+5 mm) e 1.455 mm de altura (-20 mm), enquanto a distância entre eixos se manteve a mesma, ou seja, 2.700 mm, e o volume do porta-malas também, de 470 litros. Já o tanque de combustível comporta 50 litros nas versões a combustão e 43 litros na versão híbrida. A parte detrás do capô do motor que teve sua altura reduzida em 35 mm, enquanto a superfície do porta-malas abaixou em 20 mm.

Como destaque na carroceria se sobressaem as laterais dos para-choques dianteiro e traseiro dando ao veículo maior robustez quando visto de frente ou de traseira. Na dianteira chama a atenção a forma trapezoidal das laterais do para-choque que circundam a grade frontal inferior. A grade dianteira superior é conectada aos faróis de desenho longo e angular, que, por sua vez, alongam-se até as laterais do veículo. Complementam o design uma grande grade na cor preta e os faróis de neblina de LED disponíveis nas versões XEi e Altis. A versão Altis híbrida conta com logomarca Toyota com acabamento na cor azul, enquanto o pacote Premium para essa versão oferece grade na cor black piano.

Visto de “costas” o desenho das lanternas está em harmonia com o porta-malas, enquanto o para-choque pronunciado de design atual possui vincos marcantes que chamam a atenção. O design trapezoidal reverso do porta-malas e a queda acentuada nos cantos do para-choque procuram obter uma impressão unificada entre o design dianteiro e traseiro, transformando as linhas mais harmônicas.

Os novos faróis dianteiros com regulagem de altura e sistema automático de iluminação são Bi-LED possuem desenho em formato de dois “J” com DRL que acompanha o mesmo design. A versão híbrida ainda possui acabamento na cor azul. Enquanto as lanternas traseiras, o design da lente e o acabamento cromado alternam sua direção. A versão Altis (híbrida e 2.0L Dynamic Force) possui lanternas inteiras em LED.

As rodas da versão avaliada são de 17” com acabamento na cor prata e opcionalmente conta com acabamento na cor preto brilhante com pneus 225/45 R17. Uma das novidades do Corolla 2020 é o teto solar elétrico com função antiesmagamento, melhorando a sensação de espaço e iluminação dentro da cabine, disponível de série para a versão Altis 2.0L Dynamic Force ou como opcional no pacote Premium para a versão Altis híbrida.

Por dentro, tudo novo, o volante de três raios com controles de áudio e computador de bordo tem acabamento em couro e possui aletas para troca de marcha (paddle shift) nas versões XEi e Altis com motor 2.0L Dynamic Force. O painel de instrumentos da versão Altis híbrida possui uma tela TFT de 7” digital e colorida, no centro do painel, exibindo o velocímetro e informações do computador de bordo. Enquanto o semicírculo do lado esquerdo possui um indicador do sistema híbrido, no lado direito é possível visualizar a informação de combustível e temperatura do motor.

O acabamento interno ficou bem melhor que o da geração anterior, com destaque para as partes revestidas em couro bege e marrom, exclusiva do pacote Premium para as Altis 2.0L Dynamic Force e Altis híbrida. Além disso, os ocupantes do banco traseiro contam com apoio de braços com porta-copos central, oferecendo conforto e comodidade.

Uma das grandes novidades do Corolla é o teto solar elétrico disponível, de série, na versão Altis 2.0L Dynamic Force e opcional no pacote Premium para a versão híbrida. Com movimentos de basculamento e retrátil, ele tem acionamento elétrico por um toque e função antiesmagamento.

A Toyota recheou o Novo Corolla 2020 com ampla lista de itens de conforto, conveniência, tecnologia e segurança. Desde a versão de entrada GLi o modelo conta com ar-condicionado manual com filtro antipólen e ar quente, banco do motorista com regulagem para seis ajustes – altura, distância e inclinação – (também disponível na versão Altis híbrida), banco do passageiro dianteiro com regulagem manual para quatro ajustes (distância e inclinação), direção eletroassistida progressiva (EPS), computador de bordo com tela TFT de 4,2” de alta resolução, vidros dianteiros e traseiros com acionamento elétrico por um toque e função antiesmagamento e sistema de áudio central multimídia Toyota Play com tela sensível ao toque de 8”, rádio AM/FM, função MP3, entrada USB, Bluetooth, conexão para smartphones e tablets com Android Auto, Apple CarPlay e SDL.

Na versão híbrida, o Altis conta com painel de instrumentos com tela TFT de 7” digital e colorida com computador de bordo e como opcional o pacote Premium descrito acima. O Corolla híbrido não conta com o paddle shift no volante. Além disso, tem como item opcional o pacote premium, caso do modelo testado, composto por: ar-condicionado automático Dual Zone com sistema S-Flow, banco do motorista com regulagem elétrica para oito ajustes (altura, distância, inclinação ou altura com distância), espelhos retrovisores externos eletro-retráteis com regulagem elétrica e rebatimento automático ao fechar o veículo, teto solar elétrico, limpador do pára-brisa com sensor de chuva e faróis e lanternas traseiras em LED.

No que se refere a equipamentos de segurança, o Novo Corolla é o sedã médio com mais itens, com sete airbags, freios ABS com BAS e EBD, câmera de ré com linhas de distância com projeção na central multimídia, sistema ISOFIX para fixação de cadeirinhas no banco traseiro com ancoragem de três pontos, controle de estabilidade (VSC), tração (TRC) e assistente de partida em rampa (HAC), Sistema de Alerta de Mudança de Faixa (Lane Departure Alert – LDA), Controle de Velocidade de Cruzeiro Adaptativo (ACC), Farol Alto Automático (Auto High Beam – AHB), e Assistente de Pré-Colisão (Pre-Crash System – PCS) com alerta sonoro e visual e, se necessário, frenagem automática (comandos podem ser controlados também pelo volante), dentre outros.

Sob o capô a maior novidade do modelo, trata-se da combinação de um motor a gasolina de 1.8L VVT-i 16V de ciclo Atkinson flex, com 101 cv de potência a 5.200 giros quando abastecido com etanol, e 98 cv também a 5.200 rpm, quando abastecido com gasolina, e 14,5 kgfm de torque a 3.600 rpm (abastecido com etanol ou gasolina). Esse motor funciona em conjunto com dois motores elétricos (MG1 e MG2) de 72 cv de potência e 16,6 kgfm de torque, garantindo aceleração suave e excelente conforto ao rodar em qualquer tipo de condução.

A bateria híbrida de níquel-hidreto metálico, responsável por alimentar o motor elétrico do Corolla, está localizada embaixo do banco traseiro, contribuindo para a redução do centro de gravidade e aprimorando a estabilidade na condução do veículo, sem comprometer o espaço interno para os ocupantes.

A transmissão Hybrid Transaxle funciona através de planetária com engrenagem, praticamente eliminando perdas e atritos. Este tipo de transmissão entrega uma aceleração mais linear, que reduz ou aumenta continuamente as marchas de acordo com a demanda do motor, sem desperdiçar energia, contribuindo para a eficiência de combustível.

O Novo Corolla possui sistema de freios regenerativos, que acumula a energia cinética gerada pelas frenagens e a transforma em energia elétrica, alimentando a bateria híbrida. Isso garante maior autonomia ao modelo no modo elétrico, também contribuindo para economia de combustível.

Segundo o INMETRO, o Corolla híbrido é capaz de rodar 14,5 km/l na estrada e 16,3 km/l na cidade quando abastecido com gasolina. Com etanol, o modelo roda 9,9 km/l na estrada e 10,9 km/l na cidade. Além disso, ele é o carro movido a etanol mais eficiente do Brasil com 1,38 MJ/km.

No que se refere à suspensão, todas as versões do Novo Corolla 2020 incorporam uma suspensão dianteira independente tipo McPherson com molas helicoidais e barra estabilizadora. A posição da suspensão foi otimizada para obter uma resposta linear da direção ao dirigir em velocidades médias ou altas. A nova suspensão traseira é independente, double-wishbone, com molas helicoidais e barra estabilizadora. Desenvolvida para oferecer excelente estabilidade e maior conforto de condução.

Os preços do novo Corolla começam em R$ 99.990 para a versão de entrada GLi 2.0 Flex; passa para 2020 R$ 110.990 na XEi 2.0 Flex; R$ 124.990 para a Altis 2.0 Flex Premium, chega a R$ 124.990 na Altis Hybrid e sai por R$ 130.990 no topo de linha Altis Premium Hybrid. O modelo chega ao mercado brasileiro disponível em três versões diferentes e duas motorizações.

Com garantia de 5 anos, a versão híbrida do Novo Corolla também contará com garantia estendida de oito anos para o sistema híbrido, que é composto por bateria híbrida, inversor/conversor, módulo de controle da bateria híbrida e módulo de controle de energia. As cores disponíveis para o Novo Corolla são Branco Polar (sólido), Branco Perolizado, além das cores metálicas: Preto Eclipse, Prata Supernova, Vermelho Granada, Marrom Urban e a nova e exclusiva cor Cinza Celestial.

*FICHA TÉCNICA:

Motorização  1.8

Combustível  Híbrido / Elétrico

Potência (cv)  101  98

Torque (kgf.m)  14,48  14,48

Câmbio  CVT

Tração  dianteira

Direção  elétrica

Suspensão dianteira  Suspensão tipo McPherson e dianteira com barra estabilizadora, roda tipo independente e molas helicoidal.

Suspensão traseira  Suspensão tipo braços triangulares e traseira com barra estabilizadora, roda tipo independente e molas helicoidal.

Dimensões

Altura (mm)  1.455

Largura (mm)  1.780

Comprimento (mm)  4.630

Peso (Kg)  1.440

Tanque (L)  43

Entre-eixos (mm)  2.700

Porta-Malas (L)  470

Ocupantes  5

*Dados do fabricante

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo