AvaliaçõesTestesToyota

Avaliação – Toyota Corolla 2.0 Dual VVT-i XEI Flex aut. 2015

Fotos: Marcus Lauria

Lançado em março deste ano, tivemos a oportunidade de conhecer o novo Toyota Corolla em seu lançamento, realizado em Campinas, interior de São Paulo. O sedan está em sua 11ª geração e chegou cheio de novidades. Na ocasião, andamos em duas versões, uma com câmbio manual e outra automática. A primeira impressão foi excelente, apesar do pouco tempo para conhecer melhor o sedan médio mais vendido do país. Agora com o teste de uma semana, com um modelo cedido pela marca, as impressões mudaram. Confira logo abaixo o que achamos do novo Corolla.

A versão escolhida pela marca, para a imprensa avaliar, foi a intermediária XEi automática. Com linhas mais modernas o modelo chega em quatro versões GLi (motor 1.8 com opções de câmbio manual e automático), XEi (2.0 automático) e Altis (2.0 automático). O modelo renovado vem com tudo para manter a liderança entre seus concorrentes, principalmente o novo Civc.

Já a parte traseira recebeu retoques e ficou bem mais agressiva, passando a ter contornos da carroceria (agora com defletores de luz na parte inferior) e do porta-malas unidos às laterais e às lanternas. As rodas de 16 polegadas ganharam estilo próprio de acordo com cada versão, sempre combinando com a carroceria. De lateral, o sedan nipônico mostra linhas limpas e ao mesmo tempo ousadas. Com vincos aparentes e linha da cintura alta.

Segundo a Toyota, o novo Corolla foi concebido com uma carroceria mais rígida partir do uso de aços de alta resistência à tensão e outros reforços estruturais. O carro agora está mais espaçoso, devido ao ganho de dez centímetros de entre-eixos, totalizando 2,7 metros e 7,5 centímetros adicionais entre a base do banco traseiro e o encosto do banco dianteiro. Os passageiros dos bancos traseiros também ganharam 8,5 centímetros de espaço para os joelhos, agora com total de espaço de 70,6 centímetros.Realmente não falta conforto a bordo do sedan japonês.

O Corolla XEi 2.0 traz de série 5 airbags (frontais, laterais e joelho – motorista); Direção eletricamente assistida, freios a disco com ABS e EBD nas 4 rodas; volante multifuncional com comandos de som, sistema de áudio com conectividade Bluetooth/USB e Aux-in, bancos em tecido, chave canivete com comandos integrados e retrovisores com luzes indicadoras de direção integradas. Além de CD MP3 c/ tela de 6,1″ e TV Digital, Leitor de DVD, Câmera de ré, Bancos em couro cinza, controle de velocidade de cruzeiro, faróis de neblina, lanternas traseira em LED, retrovisor interno eletrocrômico.

A versão avaliada oferece um motor 2.0L Flexfuel, Dual VVT-i DOHC de 16 válvulas, que rende 143 cavalos de potência a 5.600 rpm a gasolina, e 154 cavalos a 5.800 giros, com etanol. O torque é de 19,4 kgfm a 4.000 rotações (gasolina) e 20,3 kgfm a 4.800 giros (etanol), que trabalha em conjunto com uma transmissão CVT (automática) de 7 marchas com trocas sequenciais, A função possui um software de gerenciamento, que simula sete marchas, mesmo quando o motorista conduz o veículo com o câmbio no modo “Drive”.

O conjunto motriz, aliada a ótima suspensão mais equilibrada em relação a versão anterior ficou muito mais seguro e confiante, segundo a marca, o modelo ficou 15% mais rápido no teste de aceleração de 0 a 100 km/h e 27% mais ágil no teste de retomada entre 80 km/h e 100 km/h. O novo sedã da Toyota também já foi submetido à avaliação do Programa de Etiquetagem Veicular do INMETRO, e recebeu a nota A em todas as versões de motorização e transmissão. O teste, realizado tanto na estrada quando no perímetro urbano, teve bons resultados referentes ao consumo, sua média nesses trajetos, sempre com o ar-condicionado ligado, ficou em 12,5 Km/l.

A versão avaliada parte de R$ 79.990 e oferece todos os itens mostrado acima. Você ainda pode optar pelas cores inéditas vermelho e branco perolizado, ou as tradicionais super branco, prata, cinza, preto e azul. A versão de entrada parte de R$ 66.570 e a topo de linha Altis custa R$ 92.900. São preços um pouco a cima da concorrência, que podem atrapalhar as vendas em algumas das versões.

CONTINUA NA PÁGINA 2

1 2Próxima página
Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo