AvaliaçõesHondaTestes

Avaliação – Honda HR-V Touring CVT 1.8 I-VTEC FlexOne 2018

A venda desde Abril do ano passado, a Honda nos ofereceu para testar por uma semana a versão Touring do SUV compacto HR-V, veículo mais vendido da Honda no Brasil. Trata-se da versão topo de linha do modelo que chega c ainda mais completa e com pequenas diferenças em relação as versões oferecidas no portfólio do modelo.

Por fora, a versão Touring diferencia-se pelos novos faróis em LED, com luzes diurnas de rodagem (DRL). As lanternas traseiras com guias de LED acompanham as mudanças e ganham novo desenho. Internamente, essa versão recebe acabamentos cromados nas portas e novos equipamentos, como sensores de chuva e de estacionamento traseiro, retrovisor interno fotocromático e airbags laterais do tipo cortina.

Já na parte interna é destacada pelo bom acabamento, plásticos de qualidade misturado com couro espalhado por várias partes do interior e materiais macios ao toque. De acordo com a marca, o HR-V foi desenvolvido sob a filosofia “Máximo para o Homem, Mínimo para a Máquina”, com o maior aproveitamento do espaço interno, graças ao sistema ULT (Utility Long Tall – Utilitário Longo Alto) de arranjo dos assentos, que possibilita flexibilidade total na configuração de bancos, mantendo ótimo espaço no porta-malas, com 437 litros. Com 4.295 mm de comprimento, 1.586 mm de altura, 2.610 mm de entre-eixos, 1.770 mm de largura o HR-V traz ainda posicionamento central do tanque de combustível o que proporciona ainda melhor distribuição de peso e também favorece o espaço interno.

O Honda HR-V conta com console central elevado e painel de instrumentos de fácil leitura, transmite a sensação de um cockpit. O ar-condicionado é digital, com comandos touch screen, e deixa o interior bem gelado rapidamente, se mostrando eficiente em dais de calor.

O HR-V é o primeiro veículo produzido no Brasil a trazer freio de estacionamento eletrônico (EPB) e sistema Brake Hold de série. Com essa tecnologia, se o motorista acionar o freio e mantiver o carro parado por um longo período, como em um congestionamento, o controle elétrico do freio de estacionamento é automaticamente ativado. Mesmo que o condutor tire o pé do pedal, o veículo permanecerá freado e, ao acelerar, o freio é automaticamente liberado, oferecendo mais conforto em trânsito urbano. O modelo também conquistou a classificação máxima nos testes do Latin NCAP, com cinco estrelas em relação à proteção dos ocupantes adultos e de crianças.

Na versão Touring, o sistema multimídia com monitor multi touchscreende 7” e navegador integrado ao painel com software de última geração, contendo informações de trânsito das principais capitais do país. O hardware possibilita ainda conexão Wi-Fi (via hotspot) com o uso de browser para acesso à internet e conexão Bluetooth para chamadas telefônicas e reprodução de áudio. Todas as versões são equipadas com HFT (Hands Free Telephone) por meio de comandos no volante, evitando que o motorista se distraia ou precise tirar as mãos da direção ao atender uma chamada.

O HR-V Touring chega equipado de série com controle de tração e estabilidade VSA (Vehicle Stability Assist) e o sistema de direção MA-EPS (Motion Adaptive Electric Power Steering). Esse dispositivo analisa o comportamento do carro em uma saída de trajetória em uma curva, auxiliando o motorista na retomada do controle do veículo, favorecendo ou enrijecendo o esterço da direção.

O modelo é equipado com assistente de partida em rampa HSA (Hill Start Assist), que mantém o veículo freado por alguns segundos para auxiliar a saída em aclives. A versão Touring é equipada com airbags frontais, laterais e laterais do tipo cortina.

Sob o capô está o econômico e dinâmico motor i-VTEC 1.8 SOHC, que adota a tecnologia FlexOne, dispensando o tanque auxiliar para partida a frio. Esse conjunto mecânico recebeu nota A na medição de eficiência energética do Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular do Conpet. São exatos 140 cv a 6.500 rpm e torque de 17,44 kgfm a 4.800 rpm com a utilização de gasolina – quando abastecido com etanol, são 139 cv a 6.300 rpm e 17,44 kgfm a 5.000 rpm. Seu consumo média na cidade foi de 11,4 Km/l com gasolina sempre com o ar-condicionado ligado.

Em conjunto está o bem dimensionado câmbio do tipo CVT (Continuously Variable Transmission – Transmissão Continuamente Variável) com paddle shift (aletas no volante) e sete marchas simuladas. As trocas são suaves e deixam o motorista bem a vontade para ultrapassagens e acelerações mais vigorosas. As acelerações são lineares e mantém o SUV no trilho, a posição de dirigir ajuda muito para visualizar as ruas e o banco de couro é bem confortável. Durante o teste chamou muita a atenção o silencio a bordo, não se ouve nada dentro dele e fora nem o barulho dos amortecedores trabalhando em nossas ruas esburacadas.

O HR-V está disponível nas cores Marrom Júpiter Metálico, Cinza Barium Metálico, Prata Platinum Metálico, Branco Taffetá, Vermelho Mercúrio Perolizado e Preto Cristal Perolizado. Além da inédita cor Branco Estelar Perolizado, a mesma do modelo avaliado, que fica disponível para todas as versões do SUV. A garantia é de três anos sem limite de quilometragem. O HRV Touring custa R$ 105.900.

CONTINUA NA PÁGINA 2

1 2Próxima página
Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo