AvaliaçõesRenaultTestes

Avaliação – Renault Sandero StepWay Rip Curl 1.6 8V Flex 2016

IMG_3864

Fotos: Marcus Lauria

Brô, o Sandero voltou a vestir Rip Curl, sacou? E o carro vem bem equipado, com visual externo descolado, roupinha parecida com neoprene nos bancos e rack para levar as pranchas. Não é Kaô nem coisa de prego, é dá hora, carro para chegar no pico de boa, dar um alô pra crowd, mandar um beijo para a maria parafina e encarar um drop sem levar uma vaca.

IMG_3965

Perdão pelo “surfistês” improvisado, mas esse é o público-alvo do interessante Renault Sandero Stepway Rip Curl. A parceria da marca francesa com a grife de surf se renova outra vez, e o resultado é essa série especial limitada em 4.600 unidades. A novidade custa R$ 850 a mais do que o Sandero Stepway convencional, e traz a mais rodas na cor grafite, rack de teto diferenciado, adesivos com o logotipo da grife, bancos com tecido exclusivo que imita neoprene e detalhes exclusivos no interior.

IMG_3791

Fora esses detalhes, não há nada diferente do Sandero Stepway convencional, e isso é bom, pois o carro é honesto e vem bem equipado pelo preço de R$ 54.650. Entre seus equipamentos podemos listar ar-condicionado com controle automático de temperatura, controle de cruzeiro e central multimídia. Seu espaço interno é bom para 5 adultos, os arremates possuem visual simplório, mas os encaixes são corretos. No porta-malas cabem 320 litros.

IMG_5923

A posição de dirigir é elevada, e isso contribui para uma ótima visibilidade. Nas manobras, o Sandero se move fácil em lugares apertados, com ajuda da câmera de ré, mas fica devendo uma direção mais macia, pois o conjunto hidráulico pesa em demasia com o carro em baixa velocidade. Suas dimensões são pouco sentidas graças ao bom diâmetro de giro, e os retrovisores externos de bom tamanho ajudam bastante.

IMG_3753

No trânsito urbano, o Sandero Stepway se vale de sua suspensão elevada para rodar de forma suave, mesmo ao encarar lombadas e outras aberrações viárias. Nessa nova geração, os pneus Continental Cross Contact LX foram trocados por Bridgestone Turanza ER300, estes últimos de uso exclusivo no asfalto, e isso deu uma suavidade maior para rodar na cidade e estrada. O isolamento acústico do carro é razoável, e sua alavanca de câmbio carece de engates mais precisos para melhorar a vida nos engarrafamentos.

IMG_3812

Ao colocar o Sandero Stepway na estrada, o motor 1.6 8V que rende 98/106 cv @ 5.250 rpm de potência e 14,5/15,5 kgfm @ 2.850 rpm de torque (Gasolina/Etanol) se mostra apenas cumpridor de suas tarefas, sem empolgar nem oferecer aquele fôlego extra que existe no 16V que equipava os primeiros Stepway. O câmbio de 5 marchas serve para orquestrar bem a força razoável do motor, e com 5 passageiros e bagagem pode ser necessária uma atenção extra nas ultrapassagens.

IMG_3775

Apesar da suspensão elevada, o Sandero Stepway é seguro e tranquilo nas curvas, com tendência dianteira bem suave e freios muito bem equilibrados, compostos por discos dianteiros ventilados e tambores traseiros. Os pneus 205/55 R16 garantem borracha suficiente para segurar bem os 1.120 kg do carro. É lamentável apenas a falta de ESP.

IMG_3750

No geral, o Sandero Stepway Rip Curl é um bom carro, honesto e agradável como qualquer Sandero Stepway. Por isso, a série especial serve apenas àqueles que buscam um visual diferenciado, pois nem mesmo bancos impermeáveis ou um chuveirinho para lavar a areia do pé foi oferecido pela Renault e, com isso, os R$ 850 acabam ficando melhores no bolso do que investidos no compacto aventureiro.

CONFIRA NOSSO VÍDEO:

CONTINUA NA PÁGINA 2

1 2Próxima página
Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo