Avaliações
Tendência

Avaliação – RAM Rampage 2.0 Hurricane 4 R/T 4WD 2024

Por Paulo Rogério (texto e fotos) – Fonte: www.autoaventura.com.br

O nome Ram remete, de imediato, às picapes gigantescas que, dependendo do caso, exigem a CNH na categoria C para serem pilotadas. Então a Ram apresenta a Rampage e derruba tais conceitos. O modelo que revolucionou o line-up da marca estremece também o mercado das picapes médias. Une força, luxo e tecnologia e se torna uma ameaça àquela que vinha sendo a meçhor picape do setor, a Ford Maverick. A Rampage é o 5º veículo a sair da planta da Stellantis em Goiana (PE). Os preços partem de R$ 239.990.

Aceleramos a versão RT da picape e podemos atestar o quanto ela é cativante. Por fora, a Rampage chamou a atenção nas ruas de São Paulo, Santos e Guarujá por apresentar características dos desenhos das Ram 1500, 2500 e 3500.

A carroceria é toda nova e a picape tem uso extensivo de peças externas com acabamentos preto e grafite. Na versão RT, há uma mescla de componentes na cor da carroceria e preto brilhante. A variante tem grandes faixas no capô e conjuntos óticos inteiramente em LED. As setas são dinâmicas, com a luz se “movimentando” de dentro para fora.

Nas dimensões, os 5.028 mm de comprimento, 1.886 mm de largura, 1.780 mm de altura, 2.994 mm de entre eixos são mais que suficientes para assegurar um bom espaço interno. Sob o capô, o Hurricane 4 2.0 litros a gasolina entrega 272 cv de potência e 40,8 kgfm de torque, números comprovados quando a picape é acelerada.

O propulsor é todo feito de alumínio e conta com injeção direta e duplo comando variável de válvulas. Recebe turbocompressor. O resultado é uma aceleração forte, que movimenta muito bem a picape, sem que isso acarrete em alto consumo de combustível. Pelo contrário.

Com escapamento duplo e câmbio automático, a Rampage ainda oferece suavidade aos ocupantes, graças também a um excelente trabalho das suspensões independentes nas quatro rodas, com arquitetura McPherson na frente e multilink atrás.

A versão R/T conta ainda com molas e amortecedores mais firmes, rebaixamento de 10 mm na suspensão e rodas de aro 19 polegadas com pneus 235/55. Os freios são a disco ventilados nas quatro rodas. Na caçamba cabem 980 litros.

Ah, além de um bom espaço interno, os bancos têm couro perfurado e suede. O painel de instrumentos é revestido em couro, assim como o painel de portas. Há 22,6 polegadas de telas. São 10,3” do quadro de instrumentos e 12,3” do monitor da central multimídia.

O modelo recebe alerta de colisão frontal com frenagem autônoma e detecção de pedestres e ciclistas, monitoramento de pontos cegos, detecção de tráfego traseiro cruzado e alerta de saída de faixa com correção.

*FICHA TÉCNICA

Mecânica

Motorização 2.0

Combustível             Gasolina

Potência (cv)            272

Torque (kgf.m)         40,8

Velocidade Máxima (km/h)           220

Tempo 0-100 (s)      6,9

Consumo cidade (km/l)      8

Consumo estrada (km/l)    10

Câmbio          automática com modo manual de 9 marchas

Tração           4×4

Direção          elétrica

Suspensão dianteira          Suspensão tipo McPherson e dianteira com barra estabilizadora, roda tipo independente e molas helicoidal.

Suspensão traseira            Suspensão tipo multibraço e traseira com barra estabilizadora, roda tipo independente e molas helicoidal.

Dimensões

Altura (mm)   1.771

Largura (mm)           1.886

Comprimento (mm)             5.028

Peso (Kg)      1.917

Tanque (L)    55

Entre-eixos (mm)     2.994

Ocupantes    5

*Dados do fabricante

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo