AvaliaçõesNissanTestes
Tendência

Avaliação – Nissan Frontier LE Bi-Turbo Diesel 4X4 Aut. 2019

Topo de linha da marca japonesa traz todas as novidades do modelo agora produzido na Argentina

Fotos Daniel Lunardi/Divulgação

Menos de dois meses depois do lançamento regional da Nissan Frontier 2019 – durante o qual foi possível conhecer todas as configurações e novidades do modelo agora produzido na Argentina – o Autos Giros teve a oportunidade de testar a versão top LE durante uma semana, e traz agora todos os detalhes.

Para começar, mesmo tendo a mesma nomenclatura (LE) que a topo de linha do ano anterior, vinda do México, a Nissan Frontier LE 2019 – também topo de linha – é uma nova picape. Isto porque o nível de equipamentos da melhor versão da linha 2018 está na configuração XE de 2019, e a nova LE traz uma série de itens inéditos e exclusivos que lhe dão mais conforto, segurança e a tornam ainda melhor.

A primeira novidade foi herdada do “irmão” Kicks: a Visão 360, que é um sistema formado por quatro câmeras (na grade dianteira, na tampa da caçamba e duas na parte inferior dos retrovisores externos) que “montam” uma visão “do alto” da picape, facilitando manobras e estacionamento. Outra novidade é a navegação “porta-a-porta” que, através de um aplicativo, permite que o motorista defina o destino antes mesmo de entrar no veículo.

Produzida na fábrica da marca japonesa em Córdoba, que recebeu um investimento de 600 milhões de dólares, a nova Frontier traz mudanças mecânicas que tornaram o seu dirigir mais suave e confortável. Entre as alterações estão freios redimensionados, direção recalibrada e novas rodas aro 18 com pneus Bridgestone (LE) e a nova calibração da suspensão traseira com sistema multilink e molas helicoidais (única no segmento) com eixo rígido.

Além disso ela mantém modificações do ano anterior, como o chassi em “duplo C”. Com tudo isso ela também mantém os ângulos de saída (27,7º) e entrada (30,6º) e o vão livre do solo (241 mm).

O visual também permaneceu o mesmo da versão vinda da América do Norte, reconhecido pela grade “V Motion” – característica da montadora – e os faróis em formato “bumerangue”. Seu desenho, com estribos laterais, “ombros” altos e rack de teto – além dos pneus exclusivos todo-terreno e rodas escurecidas – lhe dão uma silhueta “musculosa”, que passa a ideia de muita força e alta capacidade. Suas dimensões confirmam isso com 5,26 m de comprimento, 1,86 m de altura e 1,85 m de largura.

No interior, a posição alta de dirigir chama a atenção, também pelo conforto proporcionado pelos bancos dianteiros “zero gravity” (inspirados na tecnologia desenvolvida pela NASA para eliminar a fadiga) e o inédito teto solar. O painel de instrumentos TFT traz novas funções como velocímetro digital, temperatura externa e bússola digital, e a central multimídia A-IVI de oito polegadas agora conta com Android Auto e Apple Carplay, assistência de voz e atualizações de software e do aplicativo do GPS via Wi-Fi.

Na segunda fileira de bancos, ainda mais espaço com apoios de cabeça e cintos de segurança para três passageiros, sistema Isofix e descansa braço dobrável com porta-copos que também aumentam a praticidade.

Com preços a partir de R$ 194.790, a Nissan Frontier LE 2019 traz controles de tração e estabilidade (VDC – Vehicle Dinamic Control), freios ABS com controle eletrônico de frenagem (EBD) e assistência de frenagem (BA), controles automático de descida (HDC) e auxílio de partida em rampa (HSA), luz de freio de LED (CHMSL) e luzes diurnas (DRL).

Outra tecnologia inédita presente na Frontier 2019 é o limitador de diferencial (ABLS). O sistema aumenta o controle do veículo, a estabilidade e evita que as rodas patinem. Se perceber que uma das rodas está deslizando, o ABLS a freia automaticamente e manda a potência extra às rodas com mais tração. Além disso, graças à evolução do sistema Shift On The Fly, agora é possível acionar – com o giro de uma manopla – a tração 4×4 integral ou reduzida, em velocidades de até 100 km/h, em qualquer tipo de terreno.

A Nissan Frontier vem mantendo uma evolução visível nos últimos anos, e a versão topo LE da linha 2019 demonstra isto honrando a tradição de mais de 80 anos da marca japonesa no segmento. Ela vem equipada com motor 2.3 biturbo de 190 cavalos de potência com opção 4×4. O câmbio – na versão LE – é automático de sete velocidades com modo sequencial para trocas manuais.

A dirigibilidade aprimorada é uma das suas maiores qualidades. E a leveza da direção e das suspensões, mesmo em terrenos acidentados ou ruas com má conservação (como é cada vez mais comum nas grandes cidades) são tão grandes que, se não fosse pela altura da posição de dirigir em relação ao solo seria possível esquecer que se está em uma picape e sentir como se estivesse dirigindo um sedan médio.

Por fim, para quem olha de fora a Nissan Frontier pode parecer um carro gigante. Pois, para quem entra, a sensação é a mesma, graças ao amplo espaço interno. E mesmo com todo este tamanho e a força desta motorização, o consumo médio ficou em 10,4 km/l na cidade  e 14,6 km/l na estrada, mesmo com subida à serra gaúcha.

Fonte: http://autosgiros.com.br/2019/08/01/nova-frontier-le-honra-a-tradicao-da-nissan-em-produzir-picapes/

*FICHA TÉCNICA:

Mecânica

Motorização 2.3

Combustível             Diesel

Potência (cv)            190

Torque (kgf.m)         45,9

Consumo cidade (km/l)      8,9

Consumo estrada (km/l)    10,1

Câmbio          automática com modo manual de 7 marchas

Tração           4×4

Direção          hidráulica

Suspensão dianteira          Suspensão tipo braços triangulares e dianteira com barra estabilizadora, roda tipo independente e molas helicoidal.

Suspensão traseira            Suspensão tipo multibraço e traseira com barra estabilizadora, roda tipo independente e molas helicoidal.

Dimensões

Altura (mm)   1.860

Largura (mm)           1.850

Comprimento (mm)             5.264

Peso (Kg)      2.115

Tanque (L)    80

Entre-eixos (mm)     3.150

Ocupantes    5

*Dados do fabricante

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo