AvaliaçõesFiatNotícias
Tendência

Avaliação – Jeep Renegade 2.0 TDI Longitude 4WD 2021

O SUV compacto produzido em Goiana-PE chega à linha 2021 com novos itens de série

Fotos Marcus Lauria

A linha 2021 do Jeep Renegade, lançando neste final de mês de julho, chega com várias novidades focadas nos itens de séries e opcionais novos, a versão hibrida deve chegar ainda esse ano com algum facelift externo e interno e os motores turbos ficam para 2022. Enquanto isso o campeão de vendas da sua categoria recebe alguns mimos para deixar os consumidores mais atualizados.

CONFIRA O VÍDEO FEITO EM PARCERIA COM O CANAL FASTCAR VIEW: https://www.youtube.com/watch?v=6CE__B2nO78

Atualmente o Renegade 2021 é ofertado em sete versões, sendo quatro delas equipadas com motor 1.8 flex de 139/135 cv e câmbio automático de seis marchas, e três com 2.0 turbodiesel de 170 cv, com transmissão automática de nove marchas e tração 4×4. O modelo passou por reformulações no line-up de versões e opcionais, além de mudanças na paleta de cores disponíveis em algumas versões. As configurações disponíveis são: STD 1.8 AT, Sport 1.8 AT, Longitude 1.8 AT, Limited 1.8 AT, Moab 2.0 AT, Longitude 2.0 AT e Trailhawk 2.0 AT.

Avaliamos por uma semana a versão Longitude diesel, que fica logo acima da de entrada Moab. Desde a versão de entrada, o Renegade 2021 oferece: freios ABS com EBD, airbag duplo, cintos de três pontos para todos os ocupantes, controles de estabilidade e de tração, luzes de condução diurna, ISOFIX, monitoramento de pressão dos pneus, faróis com regulagem de altura, assistente de partida em rampa, banco do motorista com ajuste de altura, volante com ajustes de altura e profundidade, retrovisores elétricos, piloto automático, banco traseiro bipartido, freio de estacionamento elétrico, computador de bordo e indicador de temperatura externa, câmera de ré, start-stop, sistema multimídia com conexões USB e Bluetooth, rádio e volante multifuncional. Além de rodas de liga leve de 18”, sensores de estacionamento traseiros, ar condicionado de duas zonas, bancos de couro, aletas para troca de marcha no volante e multimídia com espelhamento da tela do celular.

Entre as dimensões, são 4.232 mm de comprimento, 1.805 mm de largura, 1.658 mm de altura, 2.570 mm de entre-eixos e porta-malas de 320 litros de volume. O tamanho é ideal para rodar na cidade ou em trilhas mais “apertadas”, ele passa bem por valões, ruas estreitas além de ser fácil de estacionar.

O interior tem um ótimo acabamento e os bancos são confortáveis, ideais para viagens longas. A direção elétrica facilita as manobras assim como a câmera de ré que dá uma ótima visão do que tem atrás.

A venda desde agosto do ano passado, a linha 2021 do SUV fabricado em Goiana (PE) fica devendo o novo motor 1.3 turbo flex, mas que deve chegar ano que vem. A versão avaliada é empurrada pelo motor 2.0 Multijet turbodiesel de 170 cv e 35,7 kgfm de torque, câmbio automático de nove marchas e tração 4×4 com seletor de terreno, controle de descida entre outros itens.

O SUV da Jeep é ágil e brilha no fora de estrada com consumo razoável de combustível, fiz uma média de 12 km/l de diesel em trajeto 100% urbano.

O motor proporciona muita alegria ao condutor do Renegade, com muito torque logo na primeira pisada no acelerador o Jipinho da Stellantis faz jus aos 170 cv e 35,7 kgfm disponíveis para o motorista. Fica fácil fazer ultrapassagens, enfrentar ladeiras e subir montanhas. No 4×4 o SUV da Jeep cumpre o seu papel e enfrenta facilmente obstáculos médios com as opções de tração nas quatro rodas e reduzida.

A suspensão adere bem ao asfalto e também na estrada de terra, o silêncio à bordo é percebido a todo instante. O Jeep Renegade Longitude 2.0 Diesel AT9 4X4 parte de R$ 146.990. O SUV da Staellantis compete no mercado brasileiro com o Hyundai Creta, Citroën C4 Cactus e Honda HR-V, que não são diesel, mas possuem versões com motor turbo flex.

*FICHA TÉCNICA

Mecânica

Motorização 2.0

Combustível             Diesel

Potência (cv)            170

Torque (kgf.m)         35,7

Velocidade Máxima (km/h)           190

Tempo 0-100 (s)      9,9

Consumo cidade (km/l)      9,4

Consumo estrada (km/l)    11,5

Câmbio          automática com modo manual de 9 marchas

Tração           4×4

Direção          elétrica

Suspensão dianteira          Suspensão tipo McPherson e dianteira com barra estabilizadora, roda tipo independente e molas helicoidal.

Suspensão traseira            Suspensão tipo McPherson e traseira com barra estabilizadora, roda tipo independente e molas helicoidal.

Dimensões

Altura (mm)   1.722

Largura (mm)           1.798

Comprimento (mm)             4.232

Peso (Kg)      1.641

Tanque (L)    60

Entre-eixos (mm)     2.570

Porta-Malas (L)        320

Ocupantes    5

*Dados do fabricante

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo