AvaliaçõesHondaTestes

Avaliação – Honda HR-V EXL CVT 1.8 I-VTEC FlexOne 2019

Fotos Marcus Lauria

Se tem um SUV compacto no segmento que é quase unanimidade quando o assunto é “o mais equilibrado”, esse é o HR-V. De todos os modelos do mercado que já testei é certo dizer que o Honda é o mais “querido” na hora dos testes. Não que os outros sejam ruins, ao contrário, temos vários que tem muitas características boas, mas não chegam a ser tão entusiasmantes quanto ele.

O Honda HR-V não chega a ser perfeito, mas está quase lá, a linha 2019 avaliada chega há sua primeira atualização com algumas novidades que deixaram o modelo um pouco melhor no que se refere e design e conteúdo de série e opcionais. Tudo isso para manter as vendas em alta e ser o líder de vendas da Honda no Brasil.

Com novidades sutis na carroceria que tem seu desenho baseado no conceito “Dynamic Cross Solid”, a principal novidade fica na na dianteira, com a adoção de um novo conjunto, que reforça o aspecto SUV do modelo. O HR-V recebeu uma nova grade frontal, mais larga e com o logotipo da Honda em posição mais horizontal, que percorre toda a área frontal e avança sobre os novos faróis. Os novos faróis trazem luzes diurnas de rodagem em LED integradas e conjunto óptico duplo, com sistema de projetor no farol baixo.

Também está lá o novo para-choque que e abriga os novos faróis de neblina redondos, que substituem as peças ovais do modelo anterior. Quando visto de lado, surgem duas linhas sólidas que cortam a carroceria à partir da coluna C, que fazem conjunto com as novas rodas de liga leve de 17 polegadas com desenho mais atual e acabamento diamantado e fundo escuro. De traseira chamam a atenção as novas lanternas com guias de LED horizontais e acabamento escurecido na parte inferior.

Já na parte interna o HR-V 2019 oferece novos bancos dianteiros, com design mais moderno e com apoio superior para a região das costas e pernas, que ficaram excelentes e ajuda muito na dirigibilidade e conforto em viagens mais longas como a que fiz até o litoral do Rio de Janeiro, em São Pedro D’Aldeia. Mudou para melhor também os materiais usados no acabamento do carro que estão mais sensíveis ao toque e o um novo grafismo para os bancos revestidos com tecido e a adoção, na versão EXL de couro perfurado e costuras duplas, no caso da versão avaliada. A coluna de direção tem ajuste de altura e profundidade, assim como o banco do motorista, permitindo encontrar a posição ideal para dirigir.

Já o console central elevado recebeu um revestimento inédito em black piano e novos porta-copos. O acabamento traz detalhes cromados que antes não existiam e a versão avaliada EXL traz ainda um novo painel de instrumentos Triple Ring Ambient Meter, com três arcos iluminados, e computador de bordo incorporado. O sistema de áudio também foi renovado e recebeu uma nova central multimídia de 7″, desenvolvida no Brasil, que traz conectividade com os sistemas Apple CarPlay e Android Auto.

O destaque no interior é a nova central que raz manuseio semelhante ao de um tablet, permitindo a operação intuitiva de mapas do sistema de navegação do Waze (navegação disponibilizada por meio do Android Auto) além da reprodução de músicas via Bluetooth, por dispositivos portáteis, ou de serviços de streaming (via conexões Bluetooth, Android Auto ou Apple CarPlay). Essa central multimídia traz ainda navegador GPS 3D integrado. O aparelho conta com a função Voice Tag (Reconhecimento de Voz) que permite atender e realizar chamadas, reproduzir músicas, acionar o AppleCarPlay ou Android Auto, entre outras funções. O sistema de áudio possui dois tweeters na parte frontal.

Em todas as versões, o HR-V 2019 traz o sistema de rebatimento de bancos Magic Seat. São três modos de utilização: Utility, que permite rebater os bancos traseiros e ter uma superfície plana para acomodação de bagagens; Tall, que proporciona um espaço para acomodar objetos altos no assoalho do veículo, como um vaso de plantas, elevando o assento dos bancos traseiros e Long, para o transporte de volumes longos como uma prancha de surf, rebatendo também o encosto do banco do passageiro dianteiro.

São itens de série em todas as versões: ar-condicionado digital touchscreen, freio de estacionamento com acionamento eletrônico e função brake hold, controle de cruzeiro e faróis de neblina, bem como vidros elétricos com um toque para subida/descida e destravamento do porta-malas por controle. Na segurança, todas as versões são equipadas com controle de tração e estabilidade (VSA), assistente de partida em rampa (HSA), luzes de frenagem de emergência (ESS), airbags laterais do tipo cortina, acendimento automático dos faróis, bem como acabamentos cromados ao redor dos alto-falantes e saídas de ar do paine e borboletas para trocas de marcha no volante. Essa versão traz ainda espelhos retrovisores com rebatimento elétrico e função tilt down em marcha a ré.

Na parte mecânica foram revistos a suspensão, isolamento acústico e a transmissão CVT, tudo pensando no conforto e praticidade para os ocupantes. Na suspensão foram adicionados novos amortecedores que aplicam a tecnologia de stop hidráulico. O interior ficou mais silencioso com a adoção de novos isolantes em pontos estratégicos da carroceria.

A transmissão CVT, por sua vez, recebeu uma nova calibragem, que torna mais progressiva a aceleração nas condições de “anda e para” fazendo com que a rotação do motor não suba excessivamente em situações de aceleração em trânsito, aumentando o conforto para os ocupantes nestas condições.

Sob o capô está o mesmo eficiente motor 1.8 16V FlexOne de até 140 cv na gasolina e 139 cv no etanol. Ele trabalha em conjunto com um câmbio CVT com simulação de sete velocidades e aletas para trocas de marchas no volante. O propulsor empurra bem os 1.271 kg do SUV japonês e mesmo em ultrapassagens o câmbio não tem lag e deixa o motorista mais confiante nessas horas. Em meu trajeto entre cidade de estrada rodei mais de 400 km e fiz uma média de 10,8 km/l com gasolina.

Os preços do Honda HR-V ficaram na seguinte ordem: HR-V LX: R$ 92.500; EX: R$ 98.700 e EXL: R$ 108.500 para a versão avaliada. Para a linha 2019, o HR-V estreia uma nova cor na linha: o Azul Cósmico Metálico que complementa a gama composta pelas cores: Branco Tafetá (sólido), Prata Platinum, Cinza Barium (metálicos), Branco Estelar, Preto Cristal e Vermelho Mercúrio (perolizados).

*FICHA TÉCNICA:

Mecânica

Motorização 1.8

Combustível             Álcool            Gasolina

Potência (cv)            139     140

Torque (kgf.m)         17,74 17,54

Consumo cidade (km/l)      7,7      11

Consumo estrada (km/l)    8,6      12,3

Câmbio          CVT com modo manual

Tração           dianteira

Direção          elétrica

Suspensão dianteira          Suspensão tipo McPherson, roda tipo independente e molas helicoidal.

Suspensão traseira            Suspensão tipo eixo de torção, roda tipo semi-independente e molas helicoidal.

Dimensões

Altura (mm)   1.586

Largura (mm)           1.772

Comprimento (mm)             4.294

Peso (Kg)      1.271

Tanque (L)    51

Entre-eixos (mm)     2.610

Porta-Malas (L)        437

Ocupantes    5

*Dados do fabricante

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo